Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
Craque

Técnico do Fast Clube vai ‘bater cabeça’ para montar time com Rosembrinck para o Amazonense

O jogador deve desembarcar em Manaus na próxima quinta-feira (5) para reforçar a equipe comandada pelo treinador Ney Júnior, que afirmou que o atleta será muito bem vindo ao elenco



1.jpg Ney Júnior acredita que o time ainda está se soltando e vem muito mais coisa por aí
03/02/2015 às 10:01

Doze gols em dois jogos. Os números não mentem jamais e ao que tudo indica o ponto forte do Fast Club para a disputa do Campeonato Amazonense de 2015 é o ataque. E o poder de fogo da artilharia do Rolo Compressor deve ficar ainda melhor com a chegada do meia Rosembrick ao time. O jogador deve desembarcar em Manaus na próxima quinta-feira (5) para reforçar a equipe comandada pelo treinador Ney Júnior, que afirmou que o atleta será muito bem vindo ao elenco.

“Ele não é um bom problema. Ele é um ótimo problema!”, destacou efusivamente o comandante fastiano. Ney Júnior afirmou que o jogador deverá se encaixará perfeitamente no esquema de jogo, assim que for avaliado por ele.

“É um jogador de qualidade e que vai nos ajudar muito. Quem não quer ter um atleta de alto nível como ele na equipe? Mas ainda vamos avaliar as condições dele. Temos de ver como ele vai chegar. Ele vai ter de batalhar pelo lugar dele na equipe”, explicou.

Será a segunda passagem de Rosembrinck pelo Fast Club, que em 2014 vestiu a camisa do Tricolor na disputa do Amazonense por dez vezes e foi destaque do time ao lado do atacante Carlinhos Bala. O jogador, que disputa a fase preliminar do Campeonato Pernambucano com o Ipiranga, deverá disputar uma vaga no meio de campo do Fast Club com Da Silva e Michel Parintins, ambos estiveram na formação titular da equipe em ambos os duelos contra equipes amadoras do Estado.


Rosembrinck deve deixar o Tricolor de Aço ainda mais ofensivo

Nova goleada?
Na abertura do Barezão do ano passado a vítima do Fast Club foi o time do Sul América que foi “atropelado” pelo Rolo Compressor por 6 a 2, na estreia do estádio da Ulbra. A história pode se repetir nesta temporada já que o adversário do Tricolor de Aço, no caso o Iranduba, ainda não fechou o elenco para a disputa do Amazonense.

Mesmo com todo o poderio de fogo do Rolo Compressor, o ex-za gueiro, e agora, comandante do time, Ney Júnior acha que a equipe deve melhorar muito até a estreia do Barezão, no próximo dia 21, diante do Iranduba da Amazônia.

“A equipe está se soltando. Mas ainda falta muito para que chegue ao ponto ideal. Foi apenas a terceira vez que trabalhamos com bola. Temos muito o que evoluir”, revelou o treinador.

Em ambos os jogos-treinos Ney Júnior iniciou as partidas com: Zé Carlos, Amaral, Ediglê, Márcio Abrahão e Rodrigo Ítalo; Rondinelle, Dinamite, Michel Parintins e Da Silva; Felipe e Charles. “O time ainda está em formação. É apenas o começo dos trabalhos. Como disse: a equipe está se soltando aos poucos e isso é bom”, finalizou o comandante do Rolo Compressor, confirmando que dentro de uma semana o time deve estar pronto para a estreia no Barezão 2015.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.