Publicidade
Esportes
PROFESSOR APROVOU

Técnico do Iranduba elogia atuação do time e acredita que vitória dá moral ao time

O treinador reconheceu a boa atuação defensiva, sobretudo, da goleira Maike Weber 23/08/2018 às 07:16
Show galdino 7e60d8f8 86fe 491c 82bf 8d91c7724c7d
(Foto: Júnio Matos)
Camila Leonel Manaus (AM)

O Iranduba sofreu para vencer o Kindermann na tarde desta quarta-feira (22) e o técnico Adilson Galdino reconheceu isso. Ao fim da partida, que terminou 1 a 0 para o Hulk, ele não deixou de exaltar o espírito de equipe das suas comandadas, principalmente pela doação em campo.

"Acho que tem que engrandecer o grupo como um todo pela doação que teve em campo ainda teve esse forte calor. Tivemos pela frente uma equipe que sofreu muito com o nosso calor, mas fez um jogo duro e o Iranduba se doou bastante. No segundo tempo a equipe se doou bastante, estava bem postado defensivamente, tentou chegar no contra-ataque. Criamos uma ou duas oportunidades, mas a gente não foi feliz. Acredito que hoje o mérito é todo delas e da goleira que também fez a diferença", explicou o treinador, que comparou o fim do jogo com uma final, principalmente pelo clima de comemoração entre as jogadoras com o apito final.

"Viemos de muitas cobranças, principalmente depois da derrota contra o São José , mas o time conseguiu reagir. Tivemos um empate contra o Sport e agora fechamos com essa vitória que dá essa moral. O fim do jogo parecia uma decisão de penalidades, prova disso foi o grupo indo abraçar a Maike e uma vitória dessa vai fazer a diferença na reta final da competição".

Com a classificação, o Iranduba consegue chegar ao primeiro objetivo: se classificar sem sustos. Nas quartas de final, o Hulk enfrentará o Rio Preto. O primeiro jogo será no dia 5 de setembro, no interior de São Paulo. A partida de volta será em Manaus, no dia 12. "Conseguimos a nossa meta de ficar em casa e decidir em casa o primeiro mata-mata, temos pela frente o Rio Preto, campeão brasileiro, com uma grande história e excelente equipe. Jogar lá não será fácil. Vai ser uma grande decisão", explica.

Publicidade
Publicidade