Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
Neneca afirma que vai tirar Operário da lanterna
publicidade
publicidade

Craque

Técnico do Operário crê em evolução tática e diz que vai tirar a ‘equipe de situação incomoda’

Com apenas dois jogos no comando, Neneca diz não conhecer a equipe, mas vê obediência tática e garantias para tirar o clube da lanterninha


24/04/2015 às 10:37

O Nacional não encontrou nenhum obstáculo para vencer o lanterninha do Campeonato Amazonense, Operário, na noite desta quinta-feira (24), no estádio da Colina. A goleada de 4 a 0 ficou cravado na história de todos os Estaduais do Amazonas, como a equipe que mais venceu: 11 vitórias seguidas, superando a marca das 10 consecutivas da equipe de 1974.

Mas ao final do jogo nem tudo era felicidade, a equipe do Sapão de Manacapuru somou mais números expressivos negativamente. Em 11 jogos disputados já são 10 derrotas e apenas um ponto – resultado de apenas um empate, ainda na primeira rodada do Estadual.

publicidade

Vindo para apagar o “incêndio” no clube – ao menos tentar - o técnico Neneca, realizou a segunda partida seguida no comando da equipe, e afirmou ainda estar conhecendo os jogadores e que vai tirar o clube da última colocação.

“Eu não concheia a equipe do passado e cheguei há duas semanas. Mas, o que eu peço taticamente está evoluindo. Pegamos uma grande equipe, a equipe que provavelmente vai ser campeã. Estamos fazendo a nossa parte e vamos tirar o time dessa situação incômoda”, garantiu o treinador.

Na próxima rodada, o Operário enfrenta o São Raimundo, na quarta-feira (29) no estádio da Colina, às 20h.

publicidade
publicidade
Ingresso para jogo entre Vasco e Corinthians em Manaus vai custar R$ 80
Iranduba joga contra Kindermann-SC em busca de terceira vitória consecutiva
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.