Publicidade
Esportes
LEÃO DE 'ITA'

Técnico do Penarol revela o segredo do sucesso da 'Família Tozzi'

Campeão amazonense em 2007 com o Nacional, Carlos Tozzi se disse mais experiente e compreensivo do que uma década atrás, e aposta na união do elenco para a conquista do 1º turno do Barezão 2018 27/02/2018 às 10:05 - Atualizado em 27/02/2018 às 12:59
Show aa4
Rodado no futebol Baré, Tozzi empurra o favoritismo pro Fast (Foto: Evandro Seixas)
Denir Simplício Manaus (AM)

Menos de 24 horas após a épica classificação à final do 1º turno do Barezão, diante do Manaus FC, o elenco do Penarol voltou ao batente. De olho na decisão contra o Fast, amanhã, às 15h30, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, o time comandado pelo técnico Carlos Tozzi fez apenas um treino regenerativo na piscina do clube na manhã desta terça-feira (27).

Campeão do Barezão de 2007 dirigindo o Nacional, o experiente Carlos Tozzi, 54, não se surpreendeu com a vitória do Tricolor de Aço sobre o Rio Negro na outra semifinal e, mesmo com a melhor campanha no Estadual, empurra o favoritismo para o time de Paulo Morgado.

“No futebol não existe surpresas. Todos os jogos são difíceis. Na quarta-feira é outro jogo, outro adversário e os favoritos são eles (Fast Clube)”, apontou o treinador, que levantou sua última taça no Amazonas em 2011. Na época, Tozzi comandava o Grêmio Coariense na Série B do Barezão. Coincidentemente, no mesmo ano, o Penarol disputou pela última vez um título de turno na elite do Amazonense e no final daquela temporada se sagrou campeão do Barezão.

Único técnico invicto no campeonato, Tozzi avaliou o primeiro tempo de sua equipe contra o Gavião do Norte como bom. O que dá a impressão de que o Leão da Velha Serpa pode ser ainda mais letal nesta temporada. “Em todos os jogos não escolhemos se o primeiro tempo foi melhor do que o segundo. Fazemos todas as partidas jogando do mesmo jeito, jogando pra cima. Pra mim e para minha comissão primeiro tempo daquele jogo foi bom”, enfatizou.

Família Tozzi

Questionado sobre quais as mudanças na sua forma de treinar, pensar e ver o futebol atualmente, Carlos Tozzi acabou revelando a fórmula do sucesso do Penarol nesta temporada.

“Hoje, penso que tenho mais experiência e sou mais compreensivo. Converso mais com a diretoria, com os jogadores, trago os jogadores pro meu lado. Por isso estamos adquirindo esse sucesso, porque estamos fechados e focados e nós temos um objetivo, que é conseguir chegar à final. E nós chegamos”, disse o treinador enfatizando a união do elenco penarolense. “Hoje, nós somos uma família!”.


Florão deve “ferver” nesta quarta (28) na final do 1º turno (Foto: Antonio Lima)

Na manhã desta terça-feira, Tozzi, sua comissão técnica e o plantel do Leão itacoatiarense realizam treino apronto para o duelo com o Rolo Compressor, no estádio Floro de Mendonça. Pela parte da tarde tem início a concentração para a decisão do 1º turno. Suspenso diante do Manaus FC, o atacante Charles Chenko deve voltar ao time, mesmo depois de grande partida de Marinelson.

Vale lembrar que o vencedor do confronto desta quarta garante vaga nas disputas da Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro da Série D de 2019. Caso a partida termine empatada, a decisão segue para as cobranças de penalidades máximas.

Publicidade
Publicidade