Publicidade
Esportes
Craque

Temperatura de Manaus é o maior problema para os atletas, diz preparador do Fast Clube

Acostumado com as baixas temperaturas do Sul do Brasil, preparador físico do Fast estranhou o clima de Manaus, que, além de quente, também é úmido 29/01/2013 às 18:44
Show 1
Cleber Hidalgo, preparador físico do Fast Clube
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Com pouco mais de uma semana de treinamentos, o preparador físico do Fast Clube, Cleber Hidalgo, tem procurado diversificar a preparação física do time, que vai disputar o Amazonense e a Copa do Brasil. Hidalgo tem priorizado o físico técnico – onde os jogadores sempre estão trabalhando com bola.

Com poucos jogadores acima do peso ideal o preparador físico só tem medo da temperatura de Manaus, que prejudica a preparação dos jogadores, mesmo estado na época chuvosa.

“Aqui chove e está calor da mesma forma. Esse é o maior problema. O elenco é bom, só com um jogador acima do peso, mas ele está em fase de testes (Alysson), e o zagueiro Thiago Brandão que está com problemas musculares. Como muitos jogadores do elenco já atuaram no Amazonas, isso também na vai atrapalhar”, destacou Hidalgo.

“Tem uma semana que começamos e não podemos fazer somente físico, porque os jogadores perdem a mobilidade. Estamos sempre trabalhando com bola, pois eles adquirem o condicionamento sem deixar a técnica de lado”, disse.

Quanto à preparação para jogar duas competições – Amazonenses e a Copa do Brasil – Hidalgo afirma que o time vai chegar à competição nacional com um bom rendimento, porque terá feito várias partidas pelo estadual.

“A Copa do Brasil começa em abril, Até lá vamos ter jogado várias partidas no Amazonense e o time deverá estar bem fisicamente para as finais do Amazonense e uma boa estréia na Copa do Brasil”, disse Hidalgo.

Em se tratando de adversário na Copa do Brasil, o preparador físico disse que ao teme enfrentar um time grande, pois, segundo ele, quanto maior o adversário, maior a motivação dos jogadores.

“Quem define é a CBF, mas se for um time grande a equipe entra muito mais motivada. O estádio estará com lotação completa e isso motiva os jogadores. Vamos aguardar o adversário”, afirmou.

No Amazonense o time estréia contra o Tarumã, dia 16 de fevereiro, em Borba, no interior do Amazonas. O Fast clube foi vice campeão no ano passado e com isso conquistou o direito de jogar a Copa do Brasil, como segundo representante do Amazonas.

 

Publicidade
Publicidade