Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020
AMOR

'Teu sonho, meu sonho': histórias que unem futebol e o Dia dos Pais

Largando tudo em Manaus, Ronaldo e Edvan, ao lado de Ronald 'Manaus' e Pedrinho, respectivamente, partiram para 'longe' com o intuito de materializarem os sonhos dos filhos



foto_junio_matos_E243B4ED-FD01-4EC9-8906-841CC5FE6818.JPG Ronald, volante Sub-15 do Flamengo, ao lado do pai Ronaldo. Foto: Junio Matos/Freelancer
09/08/2020 às 06:45

Antes mesmo de conhecermos os super-heróis dos quadrinhos, os famosos personagens de Vingadores e Liga da Justiça, temos em nossos pais e mães as primeiras imagens de heroísmo. Nas demonstrações de afeto, ainda no início da vida, criamos uma certeza: o sonho de filhos e filhas também será o sonho dos pais. É assim que as histórias de uma dupla de pais e filhos, que almejam o sucesso na carreira de jogador de futebol, provam que nada é demais para aqueles que nos amam.

Neste domingo especial de Dia dos Pais, o CRAQUE conta como pais largaram tudo em Manaus para viverem os sonhos dos filhos. Atual jogador da equipe Sub-16 do Flamengo, o volante Ronald ‘Manaus’ é promessa das categorias de base do Rubro-Negro e, há cinco anos no Rio de Janeiro, busca a realização de uma oportunidade com o pai Ronaldo. Já no Sul, na fria Curitiba, o lateral-direito Pedro Henrique, de apenas 10 anos de idade, treina muito para alimentar o sonho junto do pai Edvan.



Sonho vivo

Hoje no Flamengo, Ronald teve a primeira oportunidade de jogar longe de Manaus por conta do Vasco da Gama. Após se destacar em uma edição de Campeonato Brasileiro de Futsal, o menino de 10 anos de idade recebeu convite para fazer teste no Cruzmaltino. Após três semanas no Rio e a aprovação, o resultado não poderia ser outro: a vida da família ia mudar. 

“Eu tinha uma empresa, locava andaimes, betoneiras, estruturas metálicas, e tive que largar isso para viver o sonho dele que, na verdade, é também o meu sonho. Não foi fácil. Perguntei para ele: ‘É isso que você quer?’. Ele disse que sim e fomos embora. Alugamos casa no Rio de Janeiro e conseguimos nos adaptar”, lembrou Ronaldo Encarnação, pai de Ronald, que hoje já tem emprego no Rio.


Em 2021, Ronald deve assinar seu primeiro contrato profissional com o Flamengo. Foto: Acervo pessoal

Para o ‘pequeno’ jogador, a ida para o Rio o fez criar uma responsabilidade desde cedo. Levando o nome de Manaus como ‘sobrenome’, Ronald conta que o apoio do pai foi fundamental. “Chegar ao profissional seria a concretização não só de um sonho meu, mas de toda a família, todos os que me apoiam. Não quero só ser jogador, mas quero ajudar minha família”, ressaltou o volante do Flamengo, que deve assinar o primeiro contrato profissional com clube quando atingir os 16 anos de idade.

Um dia de cada vez

Jogando bola desde os 4 anos de idade, Pedro Henrique, o ‘Pedrinho’, ainda alia futsal e futebol na base do Paraná Clube. Seja como ala ou como lateral-direito, fora de campo o atleta que pulou do Real Manaus para Curitiba, capital do Paraná, carrega o apoio de pai e mãe.


No Sub-10 do Paraná, Pedrinho atua tanto no futsal quanto no campo. Foto: Acervo pessoal

“Quando os professores do Real Manaus nos comunicaram da possibilidade do Pedro ir jogar em um time de nome nacional, eu e minha esposa decidimos encarar o desafio. Pedi minhas contas do jornal onde eu trabalhava e, junto com minha esposa e meu outro filho mais velho, nos unimos para mais esse desafio na nossa vida. O sonho dele é nosso também”, explicou o pai Edvan, que é diagramador e hoje está em Manaus.

Segundo o responsável por Pedrinho, a pandemia atrapalhou o andamento da - ainda curta - carreira do filho. Com campeonatos paralisados, a família retornou a Manaus e só pretende voltar para Curitiba no próximo ano, em melhores condições financeiras.

“O Pedro ainda é jogador do Paraná. Essa pandemia atrapalhou muito, não só o Pedro, mas todos os atletas do mundo inteiro”, lamentou Edvan, contando que Pedrinho já havia subido de categoria e disputaria campeonatos do Sub-11 na temporada deste ano.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.