Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Princesa se prepara para enfrentar Naça

Time do Princesa está motivado e não teme o Leão

Depois da Copa do Brasil, dirigentes do Princesa afirmam não temer jogo contra o Nacional neste fim de semana



1.png Marquinhos quer jogadores focados
17/05/2013 às 12:24

A expressiva goleada do Nacional sobre o Coritiba foi vista pelo técnico do Princesa do Solimões, Marcos Piter, e pelo diretor de futebol Rafael Maddy. Ambos pagaram o ingresso e gostaram da atuação do adversário da final do Estadual, mas nada que o fizessem temer algo.

“O Nacional jogou muito bem, ofensivo o tempo inteiro. Mas essa equipe é diferente da que vamos enfrentar no Estadual. Assim como o Nacional tem condições de conquistar o título, o Princesa também tem. Será um jogo de igual para igual”, afirmou Maddy, que tem trabalhado juntamente com Piter o lado psicológico e a motivação dos seu comandados. “A gente reuniu jogadores, comissão técnica e diretoria para pedir foco e união para essa final contra o Nacional. Temos condições de fazer o resultado fora de casa e levar a vantagem para dentro de casa. Temos que estar unidos em torno desse objetivo. Esse é a mensagem. Fomos a melhor equipe do primeiro turno. Nos três confrontos temos um empate e uma vitória para cada lado”.

O Princesa fez nessa quinta-feira(16) um treino recreativo para não forçar a musculatura dos jogadores. Hoje haverá um treino tático. Sábado, a equipe viaja para Manaus às 16h e fica concentrada em um hotel na cidade. Domingo de manhã, haverá uma preleção para motivar o time. O dirigente assegura que o clima é de confiança no Tubarão do Norte e que todos estão fecados na conquista inédita para o clube. “Estamos trabalhando na cabeça dos jogadores a dimensão histórica dessa conquista. O Princesa será o mesmo do primeiro turno”, garante Maddy.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.