Terça-feira, 21 de Maio de 2019
DES-UNIDOS

Times 'irmãos' estarão frente a frente neste sábado (19) em fase decisiva do Peladão

Unidos do Alvorada se dividiu em dois para disputar o Peladão, e agora os dois times disputam vaga em fase mata-mata do campeonato que ocorre neste sábado (19)



time_953102EA-3B27-44BA-8310-057197D12B45.JPG
Fotos: Euzivaldo Queiroz/ A Crítica e Rui Costa
18/01/2019 às 17:05

Todo ano, o time Unidos do Alvorada é considerado um dos mais fortes do Peladão e, nesta edição, tem Unidos do Alvorada em dose dupla! Os times estavam até agora, como diz seu próprio nome, unidos, dando apoio um ao outro, mas o que eles mais temiam aconteceu: deu Unidos do Alvorada X Unidos do Alvorada B no sorteio que definiu os confrontos da 4ª fase do mata-mata do campeonato, e agora não tem jeito, será cada um por si. As duas equipes se enfrentam no sábado (19), às 13h30, no Estádio Ismael Benigno (Colina), Zona Oeste.

O Unidos do Alvorada foi campeão do Peladão exatos dez anos atrás, em 2009, e foi vice-campeão no ano passado, quando perdeu a final nos pênaltis para os Amigos da Cidade Nova. Para este Peladão, os Unidos decidiram aproveitar o elenco grande que reuniu para formar dois times lutando por mais um título. 

Um time dividido em dois

“Como no Peladão só é possível inscrever 25 jogadores e nós tínhamos 40, decidimos formar os dois times, e os dois times são tratados da mesma forma, nos treinamentos, o que tem pra um, tem pro outro. Normalmente a premiação que tem pro time A, tem pro B, então não fazemos essa diferença entre as equipes”, conta Son, que era jogador no ano do título do time, e, nos últimos três anos, como técnico, esteve à frente da equipe “A”; hoje ele é o técnico do chamado time “B”, mas também auxilia o técnico do time “A”, o conhecido João Carlos “Cavalo”.

“O legal é isso, não tem essa vaidade, é tudo mundo trabalhando em prol de um só objetivo, nós sempre chegamos às finais, e nosso objetivo este ano é mais uma vez  representar o bairro do Alvorada na final do campeonato”, destaca Son. 

Dentro de campo

Mas como será agora, que as duas equipes, que são como uma só, irão se enfrentar num jogo de mata-mata? “Pode ter certeza de que vai ser dentro de campo que vai ser decidido, não tem essa de ‘Ah, é o time A ou o B que vai passar de fase’; vai passar o time que for merecedor dentro de campo”, garante Son. 

Ele disse que é a primeira vez que o Unidos do Alvorada vive a situação de ter dois times no Peladão e eles se enfrentarem. “Nós sabíamos que uma hora os times iriam se enfrentar, e vai ser agora, então vamos fazer um jogo digno de Peladão. Tem sido um pouco complicado, mas nós estamos dizendo às equipes que façam um bom jogo, um jogo limpo, mas que seja bem disputado, e que ganhe aquele que fizer o melhor jogo, e ele será o time que vai passar e continuar representando a nossa comunidade”,ressalta.  

Jogadores confiantes

Eles são da mesma comunidade, são boleiros e jogam com amor pelo Unidos do Alvorada, só que 25 fazem parte do time “A” e outros 25 do time “B”. Agora, dentro de campo, esses jogadores precisarão deixar a “união” de lado, e jogar seu melhor futebol. 

O zagueiro do Unidos do Alvorada, Liênio Gregório, foi campeão no ano passado pelo Amigos da Cidade Nova; jogou a final contra o Unidos do Alvorada, e agora faz parte da comunidade da Zona Centro-Oeste também. Ele enfatiza a união dos dois times. “Dois times foram formados em busca de mais um título do Peladão, mas nem classificamos como A ou B porque os dois têm possibilidade disputar uma final, e esse era o nosso objetivo, chegar com os dois times na final, algo histórico, mas, infelizmente aconteceu isso dos dois se enfrentarem numa fase de perde e sai”, explica o zagueiro Liênio. 

Apesar do confronto não ser algo desejado agora, o pensamento é positivo. “Será um grande clássico. Creio que o time que passar irá representar bem a Alvorada, e eu vou correr para ajudar meu time a passar e continuar buscando o sonho  de ser bicampeão do Peladão”, resume. Para Liênio, apesar da forte disputa pela vaga, “o que vai prevalecer vai ser a união e o companheirismo”, prevê.

Mimio é atacante do Unidos do Alvorada “B” e acredita muito na sua equipe no Peladão. “O desempenho de toda equipe tem sido muito bom. Temos a característica de mostrar muita raça dentro de campo,muita disposição e esse é nosso diferencial. Por isso chegamos fortíssimos nessa fase do Peladão”, disse ele.

O jogador também falou sobre como será jogar contra o “time irmão”.  ”Desde o começo estamos Juntos nessa caminhada... Treinos, amistosos, sempre fazíamos contra o Alvorada “A”, e o jogo contra eles é o mais comentado de Manaus agora; tenho certeza que o estádio da Colina estará lotado para ver esse jogo, e como disse os representantes e patrocinadores  dos Alvoradas,Vagner e Sérgio, que vença o melhor!”, enfatizou.

 

O Unidos do Alvorada viveu duas finais marcantes na história do Peladão

Em 2009, a partida da final entre Unidos do Alvorada e o time da Panair levou 42.608 torcedores para assistir a um jogo eletrizante. O Alvorada sagrou-se campeão pelo placar de 3 a 2 nas cobranças de pênaltis. No ano passado, o Unidos do Alvorada viveu mais uma decisão de pênaltis na final, mas acabou perdendo pelo incrível placar de 17 a 16 para os Amigos da Cidade nova.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.