Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Craque

Times melhoram as estratégias para 2º turno do Campeonato Amazonense

Com adversários diferentes, maioria dos times do Estadual mudam de estratégia e vão para o ‘tudo ou nada’ na Taça Cidade de Manaus, que inicia neste sábado (06)



1.jpg Os times amazonenses se preparam para a nova temporada do Campeonato
06/04/2013 às 11:27

A bola volta a rolar neste sábado (06) nos estádios da capital e do interior do Estado na rodada inicial do segundo turno do Campeonato Amazonense Chevrolet 2013, em quatro jogos. Diferente da fórmula da Taça Amazonas – onde os times dos grupos se enfrentavam, o regulamento da Taça Cidade de Manaus trás o cruzamento entre os grupos, o que aumenta o número de jogos classificatórios (de quatro para cinco).

No Sesi, o maior vencedor da história do nosso futebol, o Nacional – que não chegou às semifinais da Taça Amazonas, recebe o debutante Tarumã, que teve o pior desempenho no primeiro turno, às 15h, com transmissão ao vivo pela TV A Crítica. Este é o único jogo agendado para a capital. Os outros três acontecem no interior e todos começam meia-hora mais tarde.



Em Iranduba (a 25 quilômetros de Manaus), no estádio Álvaro Maranhão, o São Raimundo, que caiu na semifinal, mede forças com o Holanda, que teve uma campanha irregular no primeiro turno.

Em Itacoatiara (a 170 quilômetros de Manaus), no Floro de Mendonça, o Penarol vai receber o Rio Negro, que busca fazer bonito no segundo turno para salvar o ano do centenário. Em Manaquiri (a 65 quilômetros de Manaus), no estádio Valdomiro Gusmão, o Valdizão, o vice-campeão do primeiro turno, Fast, promete passar o “rolo compressor” no Sul América, que precisa somar pontos para não cair no ano em que retornou a Série A do Amazonense.

O campeão da Taça Amazonas, Princesa do Solimões, joga amanhã, às 15h30, em casa, no Gilbertão, em Manacapuru (a 84 quilômetros de Manaus), contra o Iranduba.

Desiguais

Tendo o desempenho dos clubes no primeiro turno como base para análise (fato desconsiderado por todos os treinadores), o Grupo B deve penar neste segundo turno. O motivo é simples. Na Taça Amazonas, a disputa por vagas no Grupo A foi muito mais equilibrada. A diferença entre o primeiro colocado, São Raimundo, para o terceiro - que ficou de fora da semifinal -, o Nacional, foi de apenas dois pontos. O Princesa, que foi campeão, teve um ponto a mais do que o Leão da Vila Municipal e um a menos do que o Tufão, sendo que a definição dos semifinalistas só aconteceu na última rodada. Já no Grupo B, a situação foi oposta. O Penarol, primeiro colocado, e o Fast Clube, segundo, conseguiram suas vagas com uma rodada de antecipação, deixando para a última apenas a definição de quem seria o primeiro. A partir de hoje, começa tudo de novo. Então, que role a bola!


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.