Sábado, 25 de Maio de 2019
VÔLEI

Times que disputam Superliga Feminina de Vôlei chegam nesta quinta (5) em Manaus

O evento acontece sábado (7), a partir das 20h, na Arena Amadeu Teixeira. Antes, os times fazem treinamentos



unnamed.jpg
(Foto: Divulgação)
05/01/2017 às 15:08

As gigantes do vôlei brasileiro desembarcam nesta quinta-feira (5) em Manaus para a Superliga Feminina de Vôlei, evento que acontece sábado (7), a partir das 20h, na Arena Amadeu Teixeira, na capital. Os times protagonistas da competição, São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) e Vôlei Nestlé (Osasco/SP) chegam no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes às 22h53 e 23h15, respectivamente. A competição recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Durante a passagem pela capital, três treinos estão previstos para cada equipe. Na sexta (6) a preparação inicia com o São Caetano, que estará na Arena Amadeu Teixeira das 9h às 10h30. O Nestlé também treina pela manhã, porém das 10h30 ao meio-dia. No início da noite, das 18h às 20h, o time do ABC paulista retorna para mais um treino e, para finalizar, as meninas do Osasco realizam o último treinamento do dia das 20h às 22h.

Horas antes do confronto, no sábado (7), a batalha para afinar o passe continua. Das 9h às 10h30, São Caetano treina e das 10h30 ao meio-dia será a vez do Nestlé. Todos os treinos são fechados à população, porém abertos à imprensa, que terão acesso as jogadoras.

Em 2016, o maior público da Superliga Feminina foi em Manaus, em jogo de campo neutro, entre São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) e Dentil/Praia Clube (MG), quando 4.782 pessoas prestigiaram a partida. Desta vez, o titular da Sejel, Fabrício Lima, acredita que a terrinha baré vai se destacar no quesito receptividade e fazer com que as atletas possam levar boas lembranças da capital.

“Ficamos felizes ao saber da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) que Manaus foi reconhecida como a cidade com recorde de público pela temporada. Agora, em 2017, nosso objetivo também será lotar a Arena Amadeu Teixeira e não tenho dúvidas que os amazonenses vão fazer uma bonita festa às jogadoras e ela vão corresponder com um espetáculo em quadra. Os ingressos estão sendo vendidos, já passamos de mil, e a expectativa é que com a chegada dos times este número cresça bastante”, destacou Lima.

O Vôlei Nestlé encerrou 2016 em segundo lugar na classificação geral, com 24 pontos (oito vitórias e duas derrotas), e o último jogo das meninas foi no dia 22 de dezembro, quando venceram o Genter Vôlei Bauru. Já o São Caetano se despediu do ano com derrota e ela veio após a equipe enfrentar o Terracap/BRB/Brasília Vôlei, quando perdeu por 3 sets a 2, pela décima rodada do turno. O resultado colocou o time do ABC Paulista na nona colocação da tabela, com nove pontos (três resultados positivos e oito negativos). Esta vai ser a primeira disputa de ambas as equipes pela temporada 2017.

Campeãs olímpicas

Nomes consagrados do vôlei nacional e conhecidas por vestirem a camisa da seleção brasileira são esperadas para esta partida, como as campeãs olímpicas em Londres 2012, Tandara e a levantadora Dani Lins. Esta última, inclusive, tornou-se no final de 2016 a segunda maior pontuadora da sua posição na história da Superliga Feminina. Aos 31 anos, Dani chegou aos 775 acertos na carreira, de acordo com estatísticas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) através da SC Consultoria. À frente dela, Fabíola, hoje jogando na Suíça e também ex-Osasco, lidera a lista de levantadoras com mais pontos, com um total de 839.

“O Nestlé é uma equipe bastante forte e assim como o São Caetano tem jogadoras que são bastante assediadas pelos fãs. A Dani Lins, por exemplo, vem sendo bastante esperada e deve receber o carinho do povo amazonense, que guarda com muito orgulho a conquista obtida em Londres, quando a seleção brasileira bateu com propriedade o time mais temido, os Estados Unidos, e conquistou o bicampeonato, entrando para a história como o primeiro time do país a conseguir dois títulos seguidos nos Jogos”, destacou o organizador do evento na capital amazonense, André Galvão.

Ingressos

Os ingressos para a Superliga estão sendo vendidos na bilheteria da Arena Amadeu Teixeira, localizada na av. Constantino Nery, bairro Alvorada, das 9h às 18h nos dias de semana e, no sábado, na hora da partida, o local também estará aberto.

Os tickets para o jogo tem valor único de R$30 (arquibancada superior), R$ 50 (arquibancada inferior), R$ 100 (área vip).  Os valores correspondem para os já beneficiários de meia-entrada (idosos, terceira idade, estudantes, PCDs) e o público em geral mediante a 1 kg de alimento não perecível. Aqueles que na hora da compra não apresentarem o alimento pagam inteira.

Para arquibancadas superiores, o preço único é R$ 30. Para arquibancada inferior, o preço é R$ 50. As entradas VIP (cadeira) são R$ 100. O público ainda tem a opção de realizar a compra dos ingressos também pelo site www.guicheweb.com.br/. Os bilhetes poderão ser adquiridos no dinheiro ou cartão de crédito.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.