Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
FUTEBOL AMAZONENSE

TJD-AM julga impugnação de partida que pode mudar rumos do Barezão

Julgamento do pedido de impugnação da partida entre Manaus e Nacional, que deu título ao Gavião, acontece nesta segunda-feira (22)



show_zCR0304-01F_CD614CC4-5E62-415F-92DF-A893C9001F97.JPG O jogo é tão importante porque vale, além de passagem até a final do estadual, a última vaga amazonense na Copa do Brasil e Série D do ano que vem. (Foto: Arquivo AC)
22/04/2019 às 08:18

O dia da decisão sobre o Campeonato Amazonense finalmente chegou, mas não se trata de um jogo. Neste caso a decisão acontece nos tribunais. Nesta segunda-feira (22), o Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas julga o pedido de impugnação da partida entre Nacional e Manaus, na final do segundo turno do Barezão e pode mudar os rumos da competição.

A partir de 15h, o pedido ingressado pelo Nacional será analisado pelo pleno do TJD-AM e vai tratar da anulação do jogo, da reversão dos pontos ou da manutenção do resultado que garantiu o título ao Manaus, dando também calendário ao time e vaga na grande final do estadual. Após dez dias de espera, o clima nos dois times é de otimismo.



“Estamos muito tranquilos, o nosso corpo jurídico também e cremos muito que o Tribunal vai partir do entendimento de que nada do que aconteceu no jogo pôde atrapalhar o andamento como fala o departamento jurídico do adversário”, analisou o presidente do Manaus, Giovanni Silva.

Durante todo o processo, o lado nacionalino também demonstrou confiança no sucesso da ação. “Se nós obedecermos o código de disciplina do Tribunal ou da Federação, as punições são graves. Se forem concretizadas todas as acusações que têm pelo árbitro e delegado na súmula, que são acusações gravíssimas, são dignas de punição, de perda ou eliminação”, afirmou o presidente do Leão, Nazareno Pereira de Melo,  logo após ingressar com o pedido de impugnação.

Após paralisar o campeonato, o processo deve ter desfecho nesta segunda-feira, sem possibilidades de adiamento. “Nesta segunda-feira nós decidiremos. Sempre que marcamos uma pauta, todas as fases já tramitaram, todos os auditores já receberam o processo que é através de sistema eletrônico, então todos os auditores já têm acesso e a gente só pauta quando tem condições de votar, então não há pedido de vistas”, explicou Rosas. 

As denúncias que serviram de base para o pedido do Nacional, que variam desde a invasão de campo que teria acontecido com participação de dirigentes do Manaus até uso de sinalizadores pela torcida, também serão julgados em outro processo. A comissão disciplinar do TJD-AM vai julgar os relatos da súmula, a partir de 17h, e analisar quais são as medidas disciplinares que podem ser aplicadas.  

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.