Publicidade
Esportes
punidos

TJD/AM pune dupla RioNal com perda de pontos por irregularidades

Julgamento da 2ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD/AM) penalizou o Rio Negro a perda de sete pontos e Nacional com a exclusão 20; ambas as equipes têm até a próxima quinta-feira (11) para entrar com recurso contra a decisão 09/05/2017 às 13:04 - Atualizado em 09/05/2017 às 13:19
Show zcr0304 01f
TJD/AM tirou pontos da dupla RioNal por escalação irregular de atletas (Foto: Evandro Seixas)
Denir Simplício Manaus (AM)

A 2ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD/AM) julgou na noite desta terça-feira (9), denúncia contra as equipes do Rio Negro e Nacional por escalação irregular de atletas. Presidida pela Dra. Marcia Fabiolla Holanda Ferreira, a Comissão decidiu por punir a dupla Rio-Nal com a perda de pontos. O Galo perdeu sete pontos e o Nacional foi penalizado com a perda de 20 pontos.

A denúncia de irregularidades foi feita pela equipe do Princesa do Solimões e foi aceita pela Procradoria do TJD/AM, que entendeu que tanto Rio Negro como Nacional utilizaram jogadores de forma irregular em partidas do Campeonato Amazonense.

"O caso se iniciou com uma notícia de infração do Princesa contra os dois (Rio Negro e Nacional) em outros jogos e  a Segunda Comissão entendeu que eles estão irregulares", explicou o presidente do TDJ/AM, Edson Rosas explanando sobre o caso. "A punição veio pelos mesmos jogadores, inclusive. Não sei informar os jogos, o fato é que, a Procuradoria entende que esses jogadores estão irregulares", disse.

Edson Rosas confrmou a decisão da 2ª Comissão do TJD/AM (Foto: ACritica.com)

Edson Rosas afirmou que a decisão ainda não é definitiva, pois o caso ainda não foi julgado pelo Pleno da entidade. "Como ainda não existe uma decisão do Pleno, que inclusive vai se reunir na terça-feira que vem, dia 16, às 17 horas, pra decidir com relação ao recurso que a Procuradoria deu entrada do julgamento da 1ª Comissão. O Pleno tendo uma decisão, isso passa a ter efeito em todas as comissões. Enquanto isso não ocorrer, as comissões podem ir decidindo como achar melhor", apontou o presidente confirmando que a dupla Rio-Nal ainda pode recorrer da decisão.

"Sim, o Nacional perdeu 20 pontos e o Rio Negro sete. Cabe recurso. Tanto Nacional como Rio Negro tem até quinta-feira (11) pra entrarem com recurso", concluiu Rosas.

A dupla Rio-Nal foi condenada de acordo com o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva com a perda de ponto mais multa de R$ 1 mil. O resultado do julgamento desta terça-feira aponta que o Galo utilizou atleta irregular em jogos dos dias 25 e 29 de abril (no empate em 2 a 2 com o Fast e na derrota frente ao Holanda por 3 a 1). 

Já quanto ao Nacional, que perdeu quase três vezes mais pontos que o Galo, também foi penalizado com multa de R$ 1 mil por utilização irregular de jogador em dois jogos. No entanto, o resultado do julgamento não aponta em quais jogos o Leão usou atletas irregulares. 

Caso a decisão da 2ª Comissão seja confirmada, o vice-líder Rio Negro, com 21 pontos, ficaria com 14 pontos e cairia para a 6ª posição no Estadual. Já o Nacional, que ocupa atualmente a 3ª colocação, perderia exatamente todos os 20 pontos que conquistou até aqui no Barezão e seria rebaixado, atrás até do São Raimundo, que tem apenas um ponto no torneio.   

Publicidade
Publicidade