Publicidade
Esportes
TRIBUNAL

TJD/AM recebe primeira sessão itinerante do STJD onde julga 'caso Deyverson'

Com direito a inauguração de novo plenário, Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas será palco do julgamento de seis processos, entre eles o do atacante do Palmeiras 04/09/2018 às 19:55 - Atualizado em 04/09/2018 às 19:56
Show i ce27ddee f07f 48f8 ae2d da3bb2d03299
Deyverson terá recurso julgado em sessão itinerante do STJD em Manaus (Foto: Agência Palmeiras)
Denir Simplício Manaus (AM)

O Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD/AM) terá dias “quentes” e cheio de inovações na semana que vêm. Isso porque a entidade será palco da primeira sessão itinerante do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na região Norte do Brasil. 

Com direito a inauguração de novo plenário com capacidade para quase cem pessoas, o TJD/AM cederá o espaço para o pleno do STJD julgar seis casos envolvendo clubes da elite do futebol brasileiro. Entre eles, recurso do Palmeiras pela diminuição de pena (e possível efeito suspensivo) imposta ao atacante Deyverson, expulso no jogo das quartas de final da Copa do Brasil contra o Bahia.

Deyverson já foi julgado e em primeira instância a penalizado com  dois jogos. O  palmeirense cumpriu o primeiro, e o departamento jurídico do time paulista tenta liberá-lo para o duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, em São Paulo. 

A sessão itinerante está marcada para iniciar às 16h, do dia 12 de setembro - mesma data do jogo com o  Cruzeiro -, no plenário Dr. Vicente de Mendonça Júnior, no andar superior do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas, na rua Rio Purús, 29, no Vieiralves, Zona Centro-Sul da capital. 

“Esse será o primeiro o julgamento itinerante na região Norte e será normal, só que aqui em Manaus. O último aconteceu em Curitiba. Os clubes vão trazer provas, talvez tragam vídeos para fazer a defesa. Será uma sessão normal do STJD só que ao invés de ser no Rio de Janeiro será aqui na sede do TJD do Amazonas”, explicou o presidente do TJD/AM, Edson Rosas.

TJD/AM ganhará novo plenário com capacidade para quase cem pessoas (foto: Arquivo AC)

Além do “caso Deyverson”, a sessão itinerante do STJD em Manaus julgará outros cinco processos envolvendo  o ABC-RN, Atlético-PR, Grêmio–RS, Vila Nova-GO e o Botafogo-RJ. 

No caso do Glorioso, o processo  envolve o lateral-esquerdo Moisés e o atacante uruguaio Rodrigo Aguirre. Questionado se há a possibilidade dos atletas citados nos processos estarem presentes no plenário amazonense, Edson Rosas apontou que dependerá muito do processo a ser julgado.

“Há sim essa possibilidade. Dependendo de como for a denúncia, às vezes o advogado do clube vem,  apresenta o vídeo e com isso ele tenta fazer sua defesa. Mas dependendo da denúncia, muitas vezes o atleta comparece sim”, disse.

TJD Tênis de mesa

Além da sessão itinerante, no novo plenário, o TJD/AM contará com outras novidades. No dia 13 de setembro, o Tribunal receberá palestras organizadas pela Escola Nacional de Justiça Desportiva (ENADJ) sobre Justiça Desportiva e Doping com os palestrantes Dr Fernando Solera e Dra Arlete Mesquita, ambos do pleno do STJD.

No dia 14, acontecerá a cerimônia de posse do Tribunal de Justiça Desportiva do Tênis de Mesa. De forma inédita, a entidade julgará processos envolvendo essa modalidade.

Publicidade
Publicidade