Publicidade
Esportes
Craque

Top 5 do Delmo: Até o Brasil caiu aos pés do atacante no Campeonato Brasileiro de 1999

Delmo guarda com carinho o gol marcado contra o Brasil de Pelotas (RS), em partida realizada no dia 21 de novembro daquele ano no estádio Bento de Freitas 28/02/2015 às 14:43
Show 1
Depois de vencer o Brasil de Pelotas-RS fora de casa, Delmo e companhia deram um baile nos gaúchos no Vivaldo Lima: 4 x 1
Paulo André Nunes Manaus (AM)

No Campeonato Brasileiro da Série C, em 1999, até o Brasil caiu aos pés do atacante amazonense Delmo. Ele foi primordial para que a torcida colinense realizasse, enfim, um sonho: o acesso para a Segunda Divisão do futebol nacional. Daquela campanha, o parintinense guarda com carinho o gol marcado contra o Brasil de Pelotas (RS), em partida realizada no dia 21 de novembro daquele ano no estádio Bento de Freitas, pela segunda fase da competição. Era um domingo.

“Aquele gol contra o Brasil de Pelotas foi especial. Foi o da vitória. Inesquecível. Nós praticamente subimos para a Série B ali naquela partida. O jogo era na casa deles e eu marquei pegando de primeira após uma jogada feita entre eu e o Neto pela esquerda. Aliás, nosso lado esquerdo era muito forte. Tinha Guára, Neto e eu. Depois viemos a Manaus jogar só dependendo de nós mesmos para subir. E conseguimos. Era em sistema de pontos corridos”, explica o ex-jogador, abrindo um largo sorriso ao relembrar os tempos de glória. Na partida de volta, no dia 27 de novembro em Manaus, no Vivaldão, uma goleada do Tufão: 4 a 1.

Naquela Terceirona, o Tufão esteve no centro de uma polêmica que dura até hoje: o São Raimundo foi punido com a perda de pontos após escalar irregularmente o zagueiro Ademir contra o Fluminense, no jogo que terminou empatado e sem gols no Vivaldão. A Confederação Brasileira de Futebol puniu o time e decretou vitória para o Tricolor carioca por 1 a 0. Na classificação final, o Fluminense foi campeão da Série C somando 13 pontos, e o Tufão de Delmo chegou aos 9 no total. Ambos garantiram o acesso em um quadrangular que também tinha os eliminados Serra (ES) – terceiro colocado com 7 pontos - e Náutico - quarto com 6.

Publicidade
Publicidade