Publicidade
Esportes
Craque

Torcedores do Corinthians em Manaus estão em clima de festa

Torcedores já não conseguem segurar a ansiedade para erguer seu sexto título brasileiro. Conquista pode ser sacramentada durante a rodada deste fim de semana do Brasileirão 05/11/2015 às 13:35
Show 1
Cydvam criou até uma torcida chamada ‘garagem corintiana’ que se reúne para assistir os jogos do Timão, em Petrópolis
Paulo André Nunes ---

Os torcedores do Corinthians não conseguem mais esconder a emoção para gritar “é campeão!”. E esse brado por mais um título de Campeonato Brasileiro poderá ser ecoado a plenos pulmões já no próximo sábado, quando o Timão do Parque São Jorge enfrenta, no Itaquerão, o Coritiba, um dos times de baixo da tabela de classificação. Basta o alvinegro vencer e o Atlético-MG, o segundo colocado na tabela de classificação, perder seu jogo contra o Figueirense, fora de casa, no domingo, para sacramentar mais uma conquista.

O MANAUS HOJE entrevistou a massa corintiana na capital sobre a ansiedade do título a poucos dias do confronto contra os paranaenses. Todos foram unânimes em afirmar que o Brasileirão já é do Timão, e levantar a taça é só questão de tempo.

“Acho que nós já somos campeões pois não tem como tirar essa diferença que atualmente é de 11 pontos (e que pode chegar a 14 a favor do Corinthians se o time ganhar, e faltando 12 pontos a serem disputados nas quatro rodadas que vão faltar após o final de semana)”, garante o vigilante João de Souza Neto, o Neto, 25. “Mas tudo depende do jogo do Atlético-MG no domingo, ou esperar para a próxima rodada. Estou confiante”, completa ele, peladeiro do time Palestina, do Bairro da União.

O torcedor diz que o diferencial da campanha foi o comando do técnico Tite, mesmo em face da saída de vários jogadores do elenco.

Confiança em alta

Para o estudante e policial militar Diego Deleon Torres dos Santos, 29, o alvinegro também já é o campeão. “As pesquisas indicam que o Corinthians tem 99,7% de chances de conquistar o título. Mas nós já somos campeões e é difícil de tirar o caneco. Após o Paulistão e a Libertadores parece que a coisa ia desanimar, mas chegou o Brasileirão e o negócio engrenou. Lembrei do que o Vagner Love falou recentemente: já estamos segurando a taça, falta só levantá-la”, comentou ele, que tem o nome de dois grandes ex-jogadores: o uruguaio Hugo De Leon, campeão Interclubes pelo Grêmio em 1983, e o Torres vem do ex-zagueiro e hoje comentarista de TV Carlos Alberto Torres, triMundial pela Seleção em 1970.

Críticas ao dia do jogo

“Ninguém toma mais o nosso título”, comenta Cydvam Diniz, o Cyd, presidente da torcida organizada “Garagem Corinthiana”, que só lamenta o jogo ocorrer no sábado em vez do domingo. Ele aproveita para alfinetar Vasco e São Paulo, próximos adversários do Corinthians após o Coxa, e diz que o jogo do título será contra o Cruz-Maltino.


Publicidade
Publicidade