Sábado, 25 de Maio de 2019
Tá fácil?

Torcedores e sócios do Flamengo protestam em frente à sede do clube no Rio de Janeiro

Com faixas, alguns sócios, que também fizeram parte da manifestação, chamaram o time de “sem vergonha”



torcida003333.jpg
Na manhã deste sábado (21), um grupo de rubro-negros foi até a sede do clube, na Gávea, pedir a saída dos dirigentes. Foto: Lavor Neto
21/05/2016 às 15:03

A torcida do Flamengo acredita que o diretor executivo, Rodrigo Caetano e o vice de futebol, Flávio Godinho são os principais culpados pela crise que o time enfrenta atualmente. A prova disso, é que na manhã deste sábado (21), um grupo de rubro-negros foi até a  sede do clube, na Gávea, pedir a saída dos dirigentes.

Com faixas, alguns sócios, que também fizeram parte da manifestação, chamaram o time de “sem vergonha” e nem o presidente Eduardo Bandeira de Melo ficou de fora e também recebeu xingamentos dos torcedores. Na última quinta-feira, o muro do clube foi pichado.

Este ano, o Flamengo já foi eliminado da Primeira Liga, Campeonato Carioca e na última quarta-feira (18) também saiu da Copa do Brasil, ao não conseguir superar o Fortaleza, time da terceira divisão, que venceu o Rubro-Negro nos dois jogos da segunda fase e avançou para a terceira fase da competição nacional.

Neste domingo (22), o Flamengo enfrenta o Grêmio pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.