Domingo, 21 de Julho de 2019
Na expectativa

Treinadora da Costa Rica destaca oportunidade de jogar em Manaus

Sem saber que Brasil vai encontrar, técnica Amélia Valverde espera conseguir aplicar estratégia trabalhada



zCR0507-101_p01.jpg A Costa Rica treinou no Campo do 3B, no bairro da Aparecida (Foto: Aguilar Abecassis)
07/12/2016 às 05:00

A Costa Rica treinou no campo do 3B, Zona Oeste de Manaus sem saber muito bem o que irá encontrar pela frente. O time estreia contra um Brasil de técnica nova e para a técnica da seleção, Amélia Valverde, resta ter calma e estudar a adversária durante a partida.

“Nós sabíamos jogar com o Brasil anterior, porque sabíamos a maneira delas jogarem. Agora não sabemos o que vem no plantel então vamos esperar os primeiros 15 minutos para observar, estudar e vamos demonstrar tranquilidade durante o jogo”, disse.

A treinadora não revelou o time que entra em campo. Por outro lado, ela aproveitou para destacar a oportunidade de jogar em Manaus. “É uma oportunidade lindíssima. Será uma partida interessante e bastante complicada com uma das melhores seleções do mundo”, disse a treinadora.

Outra preocupação de Valverde é o calor da capital amazonense. No domingo e segunda, o tempo ficou encoberto, mas na terça, o tempo abriu. A torcida é para que na hora do jogo o calor dê uma trégua.

“Desde o domingo, o clima nos tratou bem. Hoje (terça-feira) está bastante quente. Esperamos que como a partida é à noite não esteja tão quente porque  não estamos acostumados, mas estaremos prevacidas com hidratação, descanso e outros detalhes”, disse.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.