Publicidade
Esportes
NOVAMENTE

Tribunal de Justiça Desportiva marca julgamento sobre confusão na semifinal do Barezão

2ª Comissão Disciplinar do TJD-AM vai julgar Manaus e Fast por confusão em semifinal 27/05/2017 às 05:00
Show zcr021601 p01
Após denúncias de escalação irregular de jogadores, TJD-AM já foi centro das atenções nesta edição do Barezão. (Foto: Evandro Seixas)
Valter Cardoso Manaus-AM

Fast Clube e Manaus  decidem na próxima quinta-feira (01) quem avança para a grande final do Campeonato Amazonense, mas outro confronto marca a semana decisiva para das duas equipes. Na segunda-feira (29), o Tribunal de Justiça Desportiva julga os dois times pela confusão que aconteceu na primeira partida da semifinal entre os dois times.

No edital de citação e intimação do TJD-AM cita dois atletas do Rolo Compressor, Augusto e Thiago Brandão, e um do Manaus, Tiago Amazonense. Todos os três foram expulsos durante a partida. 


Além disso, três membros da comissão técnica do Rolo Compressor são denunciados: Ney Júnior, assistente técnico, Francisco Carlos, preparador de Goleiros, e Mozart Lopes, preparador físico.  

O Gavião e o Tricolor também são citados e podem ser multados em penas que variam de R$ 100 a R$ 100 mil. Por ser o mandante, o Manaus é citado em mais itens, que incluem a responsabilidade pela desordem dentro do campo, invasão do campo e lançamento de objetos. 
 

Publicidade
Publicidade