Publicidade
Esportes
BAREZÃO 2017

Tribunal determina jogo semifinal entre Manaus e Fast com portões fechados

A punição é resultado de briga generalizada entre torcidas das duas equipes ocorrida na primeira partida da semifinal, no estádio Carlos Zamith 31/05/2017 às 16:32 - Atualizado em 31/05/2017 às 16:34
Show arena da amazonia 0019  1
A partida será na Arena, mas com portões fechados (Foto: Divulgação)
Camila Leonel Manaus (AM)

O segundo jogo entre Fast e Manaus FC será na Arena da Amazônia, nesta quinta-feira (1°), às 20h com portões fechados. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça Desportiva na tarde desta quarta-feira (31). A partida é válida pelas semifinais do Campeonato Amazonense.

O impasse na decisão do local do jogo se deu após a briga generalizada tanto no campo quanto na arquibancada na primeira partida, realizada na última quarta-feira (24), no estádio Carlos Zamith. A confusão começou após a expulsão do zagueiro Thiago Brandão do Fast. Com isso, membros da comissão técnica do Tricolor invadiram o gramado e, ao mesmo tempo, torcedores brigavam nas arquibancadas, o que resultou até em um instrumento atirado no gramado. Com a confusão, o TJD determinou inicialmente que a partida seria com portões fechados e a 200 quilômetros de Manaus, mas o Fast entrou com recurso e apenas o local e horário da partida foi mantido.

No primeiro jogo, o Manaus venceu o Fast por 2 a 0 e agora joga por um empate simples para chegar, pela primeira vez, a uma final.

Publicidade
Publicidade