Publicidade
Esportes
Craque

UFC: Brasileiro punido por falta de esportividade

Organização negou bônus de 50 mil dólares a Toquinho pela melhor finalização da noite porque alega que o lutador segurou a finalização de chave de calcanhar por tempo maior que o necessário em Mike Pierce, seu adversário 10/10/2013 às 18:55
Show 1
Toquinho já possui histórico polêmico envolvendo finalizações
Bruno Strahm Manaus (AM)

A organização do UFC resolveu punir o lutador Rousimar ‘Toquinho’ Palhares com a perda de um bônus no valor de US$ 50 mil a que teria direito pela vitória com a melhor finalização na noite no UFC Fight Nght 29, ocorrido na última quarta-feira (9) em Barueri, interior de São Paulo. Em entrevista à rádio ESPN americana, Dana White confirmou que Toquinho não lutará mais no UFC e que ele será demitido do plantel de atletas da organização.

O motivo, segundo o UFC, foi ‘falta de esportividade’ por parte de Toquinho, que segurou por tempo maior que o necessário a chave de calcanhar em Mike Pierce, mesmo após o adversário ter desistido e o árbitro ter mandado Toquinho soltar o calcanhar de Pierce.

Em nota, a organização comentou, entre outras coisas ,que sua decisão de negar o lutador o bônus que teria direito foi baseada após uma longa conversa entre os sócios do UFC e o chefe da organização, Dana White.

“A comissão está investigando a duração do tempo que ele (Toquinho) segurou a finalização, então, estamos dependendo da investigação e não iremos emitir a decisão sobre o bônus da ‘Finalização da Noite’. Obviamente, existe um histórico envolvendo Toquinho onde ele já segurou finalizações por demais no passado, ele já teve algumas questões controversas envolvendo este assunto”, informou a nota oficial.

O bônus em questão é o prêmio em dinheiro à parte da bolsa que o UFC distribui aos seus lutadores como uma recompensa sobre três aspectos da luta: melhor finalização da noite, melhor nocaute e melhor luta. No caso da melhor luta, os dois lutadores recebem US$ 50 mil cada um.

Histórico polêmico

Conforme informou a nota da organização, Toquinho tem um histórico desfavorável envolvendo segurar finalizações em adversários por tempo maior que o necessário. Durante o UFC 111 ele fez a mesma coisa com o adversário Tomasz Drwal, e foi punido com um gancho de 90 dias pela Comissão Atlética de Nova Jersey. 


Publicidade
Publicidade