Publicidade
Esportes
NADA DE REVANCHE

UFC frustra José Aldo e McGregor vai disputar o cinturão dos leves

Irlandês vai encarar Eddie Alvarez no UFC 205, em Nova York, deixando o amazonense sem a tão sonhada revanche pelo título dos penas 27/09/2016 às 09:38
Show cinturao
Conor é o atual campeão dos penas e Alvarez é o detentor do título nos leves; combate será o principal do UFC NY (Fotos: Reprodução)
acritica.com Manaus (AM)

Os planos de José Aldo foram frustrados. O irlandês Conor McGregor ganhou de presente do UFC a chance de disputar o cinturão dos leves da organização. Ele vai encarar o atual campeão Eddie Alvarez em card agendado para o dia 12 de novembro, em Nova York, o primeiro evento do UFC na mais emblemática cidade norte-americana. 

O presidente da organização, Dana White, confirmou a informação na noite desta terça-feira, ao programa Sportscenter, da ESPN norte-americana. O mesmo Dana White havia dito, um dia antes, que  tinha planos de colocar McGregor para enfrentar o amazonense em uma revanche pelo cinturão linear dos penas. Agora, além de perder a chance de sua tão sonhada revanche, Aldo ainda vai ter que se contentar com a manutenção do cinturão interino, já que o manda-chuva do UFC ainda garantiu que McGregor vai continuar como campeão linear dos pena, mesmo indo para sua terceira luta consecutiva fora da categoria.

McGregor fez seus dois últimos combates nos meio-médios, acumulando uma derrota e uma vitória diante de Nate Diaz. Já Alvarez conquistou o cinturão dos leves da organização depois de derrotar Rafael Dos Anjos, em julho. 

A decisão do UFC frustra não somente José Aldo, mas também o russo Khabib Nurmagomedov, que era apontado como o desafiante número 1 de Alvarez e tinha até um acordo assinado para encarar o atual campeão da categoria. "Eddie Alvarez e Conor McGregor tem medo de mim, eu sou só um homem. Vai chegar a hora de eu colocar minhas mãos em vocês", postou ele, no Twitter.

Publicidade
Publicidade