SÉRIE C

Último a marcar por um time baré na Série C, Calado recorda: 'Sensação maravilhosa'

Jogador atuou pelo Holanda, de Rio Preto da Eva, em 2008. No sábado (8), futebol amazonense volta a ter um representante no campeonato nacional depois de 12 anos com o Manaus

Lane Azevedo
05/08/2020 às 09:56.
Atualizado em 10/03/2022 às 06:18

(Holanda e Fast representaram o Amazonas em 2008. Foto: Acervo pessoal)

No sábado (8), o Manaus estreia na Série C do Brasileiro contra o Vila Nova-GO. Depois de 12 anos, o Gavião do Norte será o primeiro time amazonense a voltar à terceira divisão nacional. Começando a série de reportagens especiais sobre participações barés na competição, o CRAQUE traz o último jogador a marcar gol por um time amazonense na Série C: Marcos Vieira, o ‘Calado’. Em 2008, o atleta atuou na disputa nacional pelo Holanda, de Rio Preto da Eva, localizado a 57 km da capital. 

A Laranja Mecânica, que nasceu em 2007, logo no ano seguinte já estava na elite do Barezão, onde foi campeã. O título conquistado pelo Holanda lhe deu o direito de participar da Série C de 2008 e da Copa do Brasil de 2009. Na terceira divisão nacional, disputou até a segunda fase, quando foi eliminado no jogo que terminou empatado em 2 a 2, contra o Luverdense-MT. Os dois gols barés saíram dos pés de Calado.

Paulista de Quintana (SP), Calado atuou no Holanda em 2008 e 2010. Foto: Acervo pessoal

“A sensação foi das melhores. Nunca tinha jogado em Manaus, recebi essa proposta do Holanda, que estava numa fase muito boa, uma torcida maravilhosa. Tive o prazer de jogar três jogos e marcar três gols, sendo dois gols no último jogo contra o Luverdense. Em uma infelicidade, tomamos um gol no finalzinho, que tirou a gente da competição, mas a sensação é maravilhosa. Estádio lotado de camiseta alaranjada, lembro até hoje. Hoje, eu não sei como é que está (o clube), mas sou muito feliz por ter participado do Holanda e ser o último jogador a ter feito gol na Série C por um time amazonense”, relembrou o ex-jogador Calado, que marcou de pênalti e de falta na partida.

Na Série C daquele ano, o Holanda terminou em 27º lugar entre os 63 clubes participantes, perdendo o direito de disputar a Série C do Brasileiro de 2009.

“Parei de atuar em 2019 e agora estou dando aula de futevôlei. É um esporte que está crescendo muito no país. Se Deus quiser, a gente vai continuar sendo um sucesso aqui nosso Mato Grosso”, finalizou o paulista de Quintana (SP), que está com 34 anos de idade e agora é professor de futevôlei.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por