Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
Messias_1.jpg
publicidade
publicidade

Campeonato e homenagem

V Campeonato de Futebol dos Advogados presta homenagem a Messias Sampaio

Um dos criadores do Peladão, Messias Sampaio fala sobre o Campeonato de futebol dos advogados, um sucesso inspirado no maior torneio de peladas do mundo.


09/04/2017 às 12:00

Vai começar o campeonato mais importante da classe dos advogados, o V Campeonato de futebol dos advogados do Amazonas. Este ano, a competição se chama Troféu Messias Sampaio, em homenagem ao idealizador do evento, o vice-presidente da CAAAM, a Caixa de Assistência dos Advogados do Amazonas, realizadora da competição.

A homenagem a Messias Sampaio não é à toa. Inspirado no grande sucesso  Peladão, que ajudou a criar  em 1973, Messias criou o Campeonato de Futebol dos Advogados 40 anos depois e hoje colhe os frutos do sucesso.

 “No momento em que fui eleito na CAAAM, me veio à cabeça fazer algo bem legal para os advogados, um campeonato como o Peladão, porque eu vejo os advogados muito desunidos, nos tribunais discutem e, às vezes, se ofendem, e saem dali, não se conhecem. Quando souberam, todos ficaram animados, o que me surpreendeu, porque eu achava que não iriam ter número de advogados suficientes para formar vários times, acabei abrindo para todos da área de direito participarem, e acabamos tendo que limitar os muitos pedidos de formações de equipes”, conta.

Messias destaca essa união que acontece nos campeonatos. “Hoje há advogados, juízes e promotores jogando juntos, e eles estão entrosados nas equipes, algo que seria improvável, mas o esporte une as pessoas”.

Sobre a homenagem feita a ele, Messias conta que fica feliz, apesar de se sentir meio sem jeito. “Eu fujo de fotos, da atenção, mas claro que eu sinto satisfação por uma coisa simples que fizemos ter dado certo, e que teve um retorno que eu não esperava. Eu sou tão homenageado, e desta vez se lembraram do meu nome. Meus colegas concordaram, disseram que era uma homenagem merecida, e outros brincaram que foi dada a mim porque eu já estou com o prazo vencendo (risos), mas eu disse: - vocês ainda vão ter que me engolir!”, conta.

Trajetória

Messias Sampaio foi jornalista do jornal A CRÍTICA por mais de 40 anos. Durante este tempo, sempre atuando como braço direito de Humberto Calderaro, ajudou a criar o Peladão, evento que se tornou um grande sucesso entre a população amazonense, e chegou a reunir mais de mil times. Foram 25 anos na direção do campeonato de peladas. Depois de tantos anos como jornalista, Messias enveredou para o caminho da política, exercendo por oito mandatos os cargos de vereador e de deputado estadual. 

publicidade

Messias Sampaio durante um dos eventos do Peladão. (Foto: arquivo pessoal)

Atualmente, ele está escrevendo um livro onde pretende contar um pouco da história do Peladão, da sua vida na política e, também, sobre as superações pessoais que teve ao vencer um aneurisma cerebral e outros problemas de saúde. “Venci todas as dificuldades com otimismo e confiança”, disse.

V Campeonato dos Advogados

Contando com a participação de 15 times, com 30 jogadores em cada um deles, o Campeonato dos Advogados alcança duas mil pessoas a cada edição.

No próximo dia 13, será realizado o congresso técnico e o sorteio das chaves. No dia seguinte, 14, realizará o tradicional Torneio Início, evento disputado em um único dia, reunindo os 15 times inscritos, com jogos de curta duração, que definirão o campeão do torneio e vão apresentar ao público uma prévia da competição.

Os jogos começam a partir do dia 22, e acontecerão nos estádios Carlos Zamith e Colina. A novidade para 2017 será a partida final na deslumbrante Arena da Amazônia. A competição é aberta ao público amazonense.

Uma das coisas que mais chamam atenção são os nomes dos times participantes. Todos eles são termos jurídicos, então não estranhe quando o “Embargo” entrar em campo contra o “Apelação”; também não fique surpreso quando o “Contestação” fizer um golaço no “Agravo”, pois é a identidade do campeonato marcando presença.

Assim como no Peladão, o Campeonato dos Advogados também destaca a beleza da mulher, pois cada time deve ter uma musa, também advogada, que desfilará com o time no torneio-início, onde será eleita a mais bela. “Transforma-se tudo numa grande brincadeira, diversão, e na maior harmonia entre advogados, dirigentes e familiares”, afirma Messias.

publicidade
publicidade
TJD-AM nega impugnação e Manaus é mantido como campeão do returno
TJD-AM julga impugnação de partida que pode mudar rumos do Barezão
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.