Publicidade
Esportes
Seleção Brasileira Feminina

Vadão, técnico da Seleção Brasileira Feminina espera contar com o apoio dos amazonenses

O bom público do futebol feminino aumenta a animação do treinador por vir jogar em Manaus 14/04/2016 às 20:04 - Atualizado em 14/04/2016 às 20:06
Show braseeel
Seleção fará seu último jogo da primeira fase em Manaus (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

Cinco cidades brasileiras vão receber os jogos de futebol nas Olimpíadas Rio 2016, mas uma tem se destacado quando o assunto é a modalidade feminina. Manaus, capital do estado com maior extensão territorial do país, vem ganhando espaço no cenário esportivo por conta do envolvimento de clubes locais em competições da CBF e do investimento em infraestrutura, que se reflete no retorno dos torcedores aos estádios. De olho no inédito ouro, o time comandado pelo técnico Vadão joga o terceiro jogo da primeira fase em Manaus, contra a África do Sul, e espera contar com a força da torcida manauara.

"Manaus já está vivendo o futebol feminino com o Campeonato Brasileiro. Quando chegarmos lá, esperamos ter ainda mais apoio", disse Vadão, técnico da Seleção Brasileira, referindo-se ao clube amazonense Iranduba.

Neste ano, o futebol feminino no Amazonas alcançou marcos inéditos que contribuíram em larga escala para que a modalidade fosse cada vez mais difundida e reconhecida. O Iranduba é responsável por boa parte desse destaque, uma vez que realiza trabalhos a longo prazo, visando sempre o desenvolvimento do futebol. Disputando o Brasileiro Feminino há quatro edições, o Hulk da Amazônia conquistou a classificação para a Segunda Fase do torneio pela primeira vez em 2016. Para o clube, a vaga nesta etapa da competição é resultado do trabalho planejado desde 2015: investimento nas categorias de base. Para o campeonato, o Iranduba trouxe reforço de mais de 15 atletas. Entre elas, muitas jogadoras com passagem pela Seleção Sub-20.

De braços abertos para a modalidade, a aceitação de Manaus é comprovada pelos torcedores. Na primeira partida de futebol feminino na história da Arena da Amazônia, 8 mil pessoas compareceram ao estádio, quebrando recorde de público da equipe. Acostumadas a receber 50 pessoas por partida, as atletas do Iranduba têm visto a média crescer consideravelmente.

"Para nós é muito gratificante ver o estádio com um público desses. Isso é muito bom para o futebol, e parabenizo o Iranduba pelo trabalho sério que vem sendo realizado aqui", comentou Emily Lima, treinadora do São José, após empate em 1 a 1 na Arena.

JOGOS DO BRASIL

03/08 - Brasil x China

Rio de Janeiro - Engenhão

06/08 - Brasil x Suécia

Rio de Janeiro - Engenhão

09/08 - África do Sul x Brasil

Manaus - Arena Amazônia

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Publicidade
Publicidade