Publicidade
Esportes
Craque

Vai ter onda na Ressacada: Flamengo e Avaí tentam a primeira vitória no Brasileirão

Sem poder contar com Marcelo Cirino ou qualquer outro reforço especulado nos últimos dias, o Mengo vai de Alecgol pra cima do time catarinense. No lado do Avaí, Gilson Kleina também não definiu o time que vai pegar o Fla 22/05/2015 às 19:53
Show 1
Alecsandro continua na vaga de Marcelo Cirino contra o Avaí.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Nem Robinho, nem Paolo Guerrero, o único reforço que pode entrar em campo neste domingo pelo Flamengo é o colombiano Pablo Armero. Mantendo a linha do mistério, o técnico Vanderlei Luxemburgo fechou os treinamentos da equipe e confirmou apenas que o lateral pode ser a novidade na equipe para o confronto com o Avaí, no estádio da Ressacada.

Em meio a especulações sobre reforços e atravessando crise técnica, o elenco do Rubro-Negro ainda não poderá contar com o atacante Marcelo Cirino, que se recupera de edema na coxa esquerda. Com isso Alecsandro deve ser mantido na posição ao lado de Gabriel e Éverton. Gripado, Eduardo da Silva nem viajou com a delegação para Santa Catarina. Paulinho, que aos poucos está retornado de lesão, pode ser uma opção no setor ofensivo do Rubro-Negro, mas Luxa prefere ter cautela para escalar o jogador.

“Já falei alguma vezes, é um jogador importantíssimo, mas vem de parar e voltar uns nove meses, ainda não está 100% para apostar nele totalmente”, disse Luxemburgo explicando que vem mantendo os treinos fechados para trabalhar com mais tranquilidade com seus comandados, além de tentar surpreender a equipe do Avaí. “Acho que é o momento de trabalhar um pouco entre nós, discutir entre nós o que fazer. É tudo isso, não dar ao adversário a escalação que você quer, uma bola parada, uma situação que a gente sabe que vão fazer”, despistou o técnico.

Luxemburgo também evitou falar em grandes mudanças táticas no time e salientou que o Flamengo poderia melhorar. “Mudanças é quando acha que está tudo errado. Não posso comparar os resultados, mas poderíamos melhorar. Temos que implementar algumas coisas que esquecemos, mas está dentro de um processo natural, finalizou o “professor”.

Na onda do mistério

Assim como fez Vanderlei Luxemburgo no Flamengo, Gilson Kleina fechou os treinos de sua equipe. O técnico do Avaí ainda tem dúvidas sobre qual time vai à campo tentar a primeira vitória no Brasileirão. A Azurra, da mesma forma que o Rubro-Negro, acumula um empate e uma derrota na competição e apesar de vir atuando bem precisa pontuar dentro da Ressacada para não sofrer no campeonato.


“Eu penso em jogar com um jogador de área, ou jogadores rápidos na frente”,  disse Kleina deixando dúvidas sobre a equipe. Muito elogiando pelo técnico, Pablo deve fazer dupla com Marquinhos na armação da equipe, e na frente André Lima e Hugo disputam a vaga para atuar ao lado de Anderson Lopes.


Publicidade
Publicidade