Publicidade
Esportes
Craque

Vasco e Flamengo se enfrentam pelo segundo jogo das oitavas da Copa do Brasil, nesta quarta-feira

Com a vitória de 1 a 0 no primeiro jogo, na semana passada, o Vasco vem para o jogo da volta com a vantagem de um empate 26/08/2015 às 15:10
Show 1
Jorge Henrique marcou o gol que garantiu a vitória do Vasco no primeiro jogo e, consequentemente, uma vantagem sobre o Flamengo
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O Vasco volta a campo na noite desta quarta-feira (26) para encarar o Flamengo, pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. No primeiro duelo, vitória cruzmaltina por 1 a 0, com gol de Jorge Henrique, que possibilita o time cruz-maltinos se classificar para as quartas de final com um empate.

Em caso de um resultado negativo por diferença de um gol, o jogo vai para as penalidades. Neste confronto específico, como os dois jogos ocorrem no mesmo estádio, não vale o critério de desempate de gol fora de casa.

Confiante após a primeira partida, o técnico Jorginho deve manter a escalação que utilizou nos seus dois primeiros jogos no comando do time. Luan e Andrezinho, que se recuperavam de lesão, e ainda não atuaram com o novo treinador, estão à disposição e devem ser opções.

 O treinamento que antecedeu a partida serviu para os atletas treinarem bastante cobranças de pênaltis, visando uma possível disputa. Uma classificação à próxima fase injeta ânimo na equipe para continuar perseguindo o bicampeonato da competição, além de manter o foco em buscar a reabilitação no Campeonato Brasileiro.

O time de São Januário já enfrentou o rubro-negro sete vezes neste ano, com superioridade dos cruzmaltinos. Foram três vitórias, contra duas derrotas e um empate, somando quatro gols a favor e três contra. A equipe da Gávea começou levando vantagem nos dois primeiros encontros.

Depois disto, invencibilidade vascaína sem sofrer mais nenhum gol nos últimos quatro jogos, e vencendo os últimos três. Com estes números, o Vasco alcançou a marca de sete resultados positivos contra rivais cariocas em 2015, sendo o sexto consecutivo, igualando um recorde pertencente ao histórico time do Expresso da Vitória no ano de 1947, que também venceu clássicos em sequência.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade