Publicidade
Esportes
Craque

Vasco permite empate da Ponte em casa

O resultado fez com que o Vasco caísse uma posição no campeonato, terminando a rodada na 11º colocação da tabela. 08/08/2013 às 21:58
Show 1
Resultado não ajudou o Vasco a subir posições na tabela do Brasileirão
acritica.com Manaus (AM)

O Vasco tropeçou em casa após permitir o empate da Ponte Preta no fim do jogo em São Januário, Rio de Janeiro. Os times ficaram no 1x1 na noite desta quinta-feira (8), em partida válida pela 12º rodada do Brasileirão

A torcida vascaína ainda viu o ídolo Juninho Pernambucano perder um pênalti quando o jogo estava 0x0, algo incomum na carreira do craque. A cobrança desperdiçada mostrou-se fundamental para o resultado da partida.

O resultado ruim para os donos da casa fez com que o Vasco caísse uma posição e terminasse a rodada em 11º lugar, com 14 pontos conquistados. O Vasco venceu apenas 4 partidas até o momento no Brasileirão.

A Macaca permaneceu na 15º colocação, e somou mais um ponto, totalizando 12 ao todo até esta 12º rodada.

O jogo

Os gols saíram apenas na segunda etapa da partida, quando André, do Vasco, cabeceou certeiro para o gol da Macaca aproveitando cobrança de falta de Yotún, aos 11 minutos. Vasco 1x0 Ponte Preta.

A Macaca não se deu por vencida na partida e começou a avançar mais em campo para tentar o empate a todo custo. Conseguiu aos 39 minutos,com William aproveitando sobra de bola na área após cobrança de falta de Uendel. Vasco 1x1 Ponte Preta.

Vasco

Diogo Silva (Goleiro), Nei (Lateral direito), Renato Silva (Zagueiro), Rafael Vaz (Zagueiro), Yotún; (Lateral esquerdo), Sandro Silva (Fagner) (Volante), Guiñazu (Wendel) (Volante), Juninho Pernambucano (Meio campo), Pedro Ken (Meio campo), Éder Luís (Robinho) (Atacante) e André (Atacante).

Técnico - Dorival Júnior

Ponte Preta

Roberto (Goleiro), Régis (Lateral direito), Gustavo (Zagueiro), César (Zagueiro), Diego Sacoman (Lateral esquerdo), Baraka (Volante), Fernando Bob (Volante), Ramírez (Meio campo) William (Meio campo), Rildo (Atacante) e Chiquinho (Atacante).

Técnico: Paulo Cesar Carpegiani

Trio de arbitragem

Emerson de Almeida Ferreira (árbitro), Carlos Bohn (auxiliar) e Marcia Bezerra Lopes Caetano (auxiliar)

Publicidade
Publicidade