Publicidade
Esportes
Craque

Vasco sofre e empata com Santos por 2 a 2 no Maracanã

A torcida fez a sua parte e lotou o Maracanã com 50 mil pessoas para apoiar sua equipe, mas o Vasco, que saiu perdendo, apenas empatou com o Santos. A derrota do Fluminense para o Timão fez com que o Vasco saísse da Zona de rebaixamento 10/11/2013 às 17:17
Show 1
Juninho saiu de campo com grave lesão
acritica.com Manaus (AM)

O Vasco empatou com o Santos por 2 a 2 pela 33º rodada do Brasileirão 2013 no fim da tarde deste domingo (10) no estádio do Maracanã, Rio de Janeiro. O resultado não foi esperado pela torcida, que ainda viu Juninho Pernambucano ser retirado de maca logo no início da partida com suspeita de contusão grave.

A situação do Vasco continua delicada, mas a equipe escapou do Z4 graças a derrota do Fluminense para o Corinthians. A equipe somou 37 pontos e subiu para a 16º colocação. Um ponto a mais que o Criciúma, que agora ocupa a 17º posição.

O Santos faz uma campanha de recuperação neste segundo turno do campeonato. O resultado fez com que o alvinegro praiano somasse 45 pontos, deixando a equipe na 9º posição.

O jogo

Em partida tensa para os 50 mil torcedores vascaínos que foram ao Maracanã, o Vasco iniciou o jogo com problemas. O eterno ídolo cruzmaltino Juninho Pernambucano sentiu uma forte contusão ao cobrar uma falta logo aos 8 minutos da primeira etapa do jogo. O reizinho da colina foi retirado em uma maca de campo e Jhon Cley entrou em seu lugar.

O time parece ter sentido a falta de uma referência em campo e viu no Santos abrir o placar com um golaço de Bruno Peres aos 22 minutos. O atacante subiu pela direita vencendo a marcação e bateu colocado de fora da área no ângulo esquerdo de Alessandro que estava adiantado na jogada. Vasco 0 a 1 Santos.

A equipe sentiu o baque e começou a errar passes em campo, permitindo uma aproximação maior do Santos em sua área. Demorou apenas quatro minutos para o Peixe ampliar com o garoto Gustavo Henrique, que subiu sozinho na área para marcar de cabeça após bola lançada por Montillo, em cobrança de falta. Vasco 0 a 2 Santos.

Mostrando mais raça que eficiência técnica o Vasco foi para o tudo ou nada contra o Santos e conseguiu descontar com Edmilson aos 28 minutos. O atacante recebeu cruzamento de Fagner pela direita e cabeceou nas pernas de Gustavo Henrique, que acabou atrasando a bola ao invés de afastar. O próprio Edmilson agradeceu o presente e mandou um belo chute que encobriu o goleiro Aranha. Vasco 1 a 2 Santos.

Precisando desesperadamente da vitória, o Vasco foi empurrado por sua torcida e foi para cima do Santos. A equipe santista não se intimidou e a partida ficou aberta para os dois lados.

Tanto a equipe pressionou que acabou conseguindo um empate com o atacante André aos 32 minutos. Ele tabelou na área com Edmilson e mandou no canto direito do goleiro Aranha. Vasco 2 a 2 Santos.

Vasco 

Alessandro (Goleiro), Fagner (Lateral direito), Jomar (Zagueiro), Cris (Zagueiro), Yotún (Lateral esquerdo), Abuda (Volante), Pedro Ken (Volante), Juninho (Meio campo), Reginaldo (Meio campo), Marlone (Atacante) e Edmilson (Atacante).

Técnico: Adilson Batista

Santos

Aranha (Goleiro), Bruno Peres (Lateral direito), Edu Dracena (Zagueiro), Gustavo Henrique (Zagueiro), Mena (Lateral esquerdo), Arouca (Volante), Alison (Volante), Montillo (Meio campo), Cícero (Meio campo), Geuvânio (Atacante) e Willian José (Atacante).

Técnico: Claudinei Oliveira

Trio de arbitragem

Wilton Pereira Sampaio (árbitro), Marrubson Melo Freitas (auxiliar) e Rafael da Silva Alves (auxiliar)


Publicidade
Publicidade