Publicidade
Esportes
Craque

Vasco tenta driblar a crise técnica e financeira

Diante de tantos problemas, dirigentes, comissão técnica e jogadores perceberam a imediata necessidade de reação 16/07/2013 às 11:49
Show 1
Juninho, aos 38 anos, é apontado como solução pelos vascaínos
Manaus Hoje ---

O Vasco vive um momento de inferno astral. A crise financeira fez o time trocar de técnico pela segunda vez na temporada. A limitação do elenco traz a desconfiança ao torcedor que sequer sabe escalar a equipe. Se não bastasse o impacto da derrota para o maior rival, domingo, diante do Flamengo, o resultado ainda levou o time à zona do rebaixamento.

Diante de tantos problemas, dirigentes, comissão técnica e jogadores perceberam a imediata necessidade de reação. A começar pela inscrição ainda nesta semana do Reizinho Juninho e do apoiador colombiano Montoya, para o time ganhar lucidez no meio de campo.

Dorival pediu um pouco de paciência. Ele conta com Juninho, que estava em atividade no New York Bulls dos Estados Unidos. Mas Juninho diz que o Vasco é um conjunto. “Eu assumo a minha responsabilidade. Mas o futebol é coletivo. Todos nós vamos ajudar o Vasco a mostrar a sua força”.

A outra carta é o colombiano Montoya contratado junto ao All Boys da Argentina e que tem mostrado nos treinamentos um futebol de alto nível.

Apesar da expectativa, Dorival não garantiu a escalação de Juninho no jogo de domingo contra o Fluminense. “Acredito que não tenha condições de jogar o clássico”, esfriou.

Publicidade
Publicidade