Publicidade
Esportes
Craque

Vasco vence Cruzeiro por 2 a 1 e continua vivo na Série A

O Gigante da Colina se recusa a cair novamente para a Série B e luta até o fim com mais uma vitória. O Vasco ainda possui mais dois compromissos no Brasileirão 23/11/2013 às 19:31
Show 1
Vasco respira no Brasileirão
acritica.com Manaus (AM)

O desesperado Vasco da Gama recebeu o Cruzeiro em um Maracanã com 38 mil torcedores e venceu por 2 a 1, no início da noite deste sábado (23) em partida válida pela 36º rodada do Brasileirão 2013. O Vasco continua firme na briga para permanecer na Série A do ano que vem. A torcida fez uma grande festa no fim do jogo e ovacionou seus jogadores para demonstrar apoio até o fim.

Com o resultado, o Vasco somou 41 pontos, o mesmo número do rival Coritiba, na briga contra o rebaixamento. O cruzmaltino ainda ocupa a 18º posição e têm também o mesmo número de vitórias que o Coxa – 10, mas com um jogo a mais. O Vasco ainda possui mais dois jogos e precisa vencer para se garantir na Série A. A torcida vascaína tem que torcer para o Internacional vencer o Coritiba no Domingo (24).

A Raposa é campeã antecipada do Brasileirão 2013 e entrou em campo apenas para cumprir tabela. O time mineiro possui 75 pontos conquistados em 36 jogos, com 23 vitórias.

O jogo

O Vasco não perdeu tempo e abriu o placar aos 2 miutos da primeira etapa com o jovem Thalles, de apenas 18 anos, que cabeceou para as redes cruzeirenses após bola erguida na área. Vasco da Gama 1x0 Cruzeiro.

Trinta minutos depois o cruzmaltino ampliou a vantagem com Edmilson, que aproveitou cruzamento de Pedro Ken para matar no peito e soltar uma bomba no gol de Rafael. Vasco da Gama 2x 0 Cruzeiro.

O campeão de 2013 acordou na segunda etapa de partida e reagiu. Aos 19 minutos Éverton Ribeiro cobrou falta na área vascaína e o zagueiro Paulão subiu por trás da zaga para mandar de cabeça para o gol. Vasco da Gama 2x1 Cruzeiro.

Sentindo o momento melhor do adversário, o Vasco procurou esfriar a partida e segurar a vitória até o fim.

Vasco 

Alessandro (Goleiro), Fagner (Lateral direito), Luan (Zagueiro), Cris (Zagueiro), Yotún (Lateral esquerdo), Abuda (Volante), Guiñazu (Volante), Pedro Ken (Meio campo), Marlone (Meio campo), Thalles (Atacante) e Edmilson (Atacante).

Técnico: Adilson Batista

Cruzeiro

Rafael (Goleiro), Ceará (Lateral direito), Léo (Zagueiro), Paulão (Zagueiro), Egídio (Lateral esquerdo), Nilton (Volante), Lucas Silva (Volante), Éverton Ribeiro (Meio campo), Ricardo Goulart (Meio campo), Willian (Atacante) e Vinicius Araújo (Atacante).

Técnico: Marcelo Oliveira

Trio de arbitragem

Marcos André Gomes da Penha (árbitro), com Fabiano da Silva Ramires (auxiliar) e Vanderson Antonio Zanotti (auxiliar)



Publicidade
Publicidade