Domingo, 15 de Dezembro de 2019
arte suave

Velha guarda do jiu-jítsu manauara entra no tatame do Jungle Classic 4

A 4ª edição promete mostrar novamente a força do jiu-jítsu baré da velha guarda. Serão 16 combates no card ‘estrelado’ do evento que ocorrer nesta sexta (1°)



luta_59B318D0-B5E7-46CF-BB2A-BF777872CB62.JPG Foto: Winnetou Almeida
31/10/2019 às 10:40

A contagem regressiva para o Jungle Classic 4, um dos maiores eventos de jiu-jítsu da região Norte, está chegando ao seu fim. Os veteranos da arte suave já estão em seus últimos preparativos para pisar no tatame e mostrar que apesar da idade, ainda possuem muito ‘gás’ para queimar.  Eles vestirão suas ‘armaduras’ e marcharão para o combate nesta sexta-feira (1°), no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, a partir das 19h. 

Uma das principais batalhas do jiu-jítsu baré das antigas acontece entre Tom Agra, 51 anos e Luís Neto, de 44. Os dois pretendem mostrar o valor da arte suave raiz e vão defender respectivamente as academias HBJ e LN Lifestyle.



“Estou competindo há um ano sem interrupção. São 30 lutas sem perder e não quero que isso mude tão cedo. Encaro como a luta da vida”, disse Luís Neto, que também comentou as nuances do confronto diante de Tom Agra. 

“Estou me preparando muito para esse desafio, pois meu adversário é muito experiente, mais pesado e mais alto, então tenho treinado com muita dedicação para fazer uma boa luta”, declarou o casca-grossa da velha guarda que já foi seis vezes campeão mundial e acumula cinco títulos nacionais na faixa preta. 

Do outro lado, Tom Agra não está em ritmo forte de competição e quer provar a força dos treinos em sua academia. 

“Fui campeão europeu em 2007, mas já faz 12 anos que não participo de uma competição internacional. Fiz uma competição nacional, mas não considero isso”, afirmou o experiente lutador que pratica artes marciais há 40 anos. 

Para o confronto, Tom revela que pretende passar um ensinamento aos seus “pequenos” que nunca o viram lutar em competições de jiu-jítsu. 

“O meu intuito em participar é mostrar para os meus filhos Ian e Iris Agra, um exemplo de vida. É um sonho que meus filhos me vejam lutando”, apontou o jiu-jiteiro de 51 anos.
 

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.