Publicidade
Esportes
Craque

Velocistas competem no mano a mano

O amazonense Sandro Viana e a estrela jamaicana Usain Bolt estarão presentes 28/03/2013 às 20:21
Show 1
Velocistas vão fazer um tira teima de 150 metros
acritica.com Manaus (AM)

No próximo domingo (31), acontece na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, um evento com os maiores representantes do atletismo brasileiro e mundial. É o "Desafio Mano a Mano", que contará com a presença do jamaicano Usain Bolt, bicampeão olímpico nos 100m e 200m.

Os velocistas Bruno Tenório Lins, Sandro Viana, Franciela Krasucki e Evelyn do Santos vão representar o Brasil na competição. Eles participam de uma seletiva que acontece no sábado (30).

O qualifying masculino acontece no sábado às 10h da manhã, com quatro brasileiros na briga por uma vaga na grande final.

No domingo, a disputa feminina acontece em bateria única a partir das 11h. Logo depois tem a prova paralímpica, com o brasileiro Alan Fonteles contra o norte americano Jerome Singleton e, às 11h45, será dado o tiro para o evento com a presença de Usain Bolt, Daniel Bailey (atleta da Antígua e Barbuda), o equatoriano Alex Quinonez e o brasileiro que vencer a bateria de sábado.

Prova não oficial

Esta será a primeira vez que os atletas vão correr a distância de 150m e em uma única reta, dentro de uma competição, já que todos estão acostumados a competir nos 100m e 200m rasos.

"Não estou com grandes expectativas agora, já que esta será a primeira disputa do ano e minha primeira vez na distância. Sobre minhas adversárias, são as mesmas que competiram no revezamento 4x100m na Olimpíada de Londres, mas não gosto de arriscar palpites como quem vai ganhar ou perder. Depois que é dado o tiro de largada tudo pode acontecer", ressaltou a carioca Evelyn dos Santos, presente no páreo feminino, que conta com um total de quatro brasileiras competindo entre si.

No masculino o atleta Bruno Lins chega em excelente forma e tem grande chances de garantir uma vaga para a grande final, que acontece no domingo com o próprio Usain Bolt.

O jamaicano é também o detentor do recorde desta distância não oficial, com o tempo de 14 segundos e 35 centésimos.

"Estou me sentindo bem nos treinos e estou animado em correr aqui com um grande ídolo e referência no esporte. Muito motivado por competir em casa e no palco dos Jogos Olímpicos 2016. Vamos ver como vai ser", falou Bruno Lins.

Publicidade
Publicidade