Dia histórico

Verstappen ultrapassa Hamilton no fim em Abu Dhabi e conquista seu primeiro título da F1

Um 'safety car' faltando cinco voltas para o fim mudou o destino: Verstappen trocou os pneus, mas Hamilton não

AFP
12/12/2021 às 14:58.
Atualizado em 08/03/2022 às 19:48

(Foto: Bryn Lennon/ Reuters)

O holandês Max Verstappen, de 24 anos, se sagrou campeão mundial de Fórmula 1 pela primeira vez na carreira neste domingo, após vencer o Grande Prêmio de Abu Dhabi, o último da temporada de 2021, de forma dramática, na última volta, em que ultrapassou seu rival Lewis Hamilton.

O piloto da Red Bull venceu sua 10ª corrida nesta temporada e terminou o Mundial à frente do heptacampeão mundial Hamilton. O título dos construtores ficou com a Mercedes e o terceiro lugar no pódio neste domingo no circuito de Yas Marino foi ocupado pelo espanhol da Ferrari, Carlos Sainz. 

A corrida e o Mundial foram decididos em um cenário digno de cinema, com os dois rivais empatados por pontos (369,5) antes da prova. 

Nessas condições, a equação era simples: o piloto que obtivesse uma melhor colocação conquistaria o título. 

Todos acreditaram quase até o fim que o campeão seria Hamilton, autor de uma melhor largada e líder na maior parte da corrida. 

Mas um 'safety car' faltando cinco voltas para o fim mudou o destino: Verstappen trocou os pneus, mas Hamilton não. 

Depois de retomar a corrida, o holandês ultrapassou o adversário na última volta. 

A AlphaTauri do japonês Yuki Tsunoda e o francês Pierre Gasly completaram o Top 5.

Também pontuaram o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), o britânico Lando Norris (McLaren), o espanhol Fernando Alonso (Alpino), o francês Esteban Ocon (Alpino) e o monegasco Charles Leclerc (Ferrari). 

O finlandês Kimi Räikkönen (Alfa Romeo) disse adeus à F1 saindo no meio da corrida devido a um problema mecânico. 

Aos 42 anos, ele se aposentou das pistas após 19 temporadas na elite e um título mundial com a Ferrari em 2007.

 Os últimos dez pilotos e construtores campeões mundiais de Fórmula 1:

Pilotos:

2021: Max Verstappen (HOL/Red Bull) 

2020: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2019: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2018: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2017: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2016: Nico Rosberg (GER/Mercedes)

2015: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 

2014: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 

2013: Sebastian Vettel (GER/Red Bull-Renault) 

2012: Sebastian Vettel (GER/Red Bull-Renault) 

 Construtores:

2021: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2020: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2019: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2018: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2017: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas) 

2016: Mercedes (Lewis Hamilton e Nico Rosberg) 

2015: Mercedes (Lewis Hamilton e Nico Rosberg) 

2014: Mercedes (Lewis Hamilton e Nico Rosberg) 

2013: Red Bull (Sebastian Vettel e Mark Webber) 

2012: Red Bull (Sebastian Vettel e Mark Webber) 

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por