Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
Virou confusão

Dirigente Tricolor não acredita em uso de jogador irregular pelo Papão

Suposto uso de jogador irregular poderá tirar o Papão da competição e devolver o Tricolor para a disputa da Copa Verde



Paysandu_e_fast.JPG Paysandu eliminou o Fast ao vencer por 3 a 0 na Curuzu (Foto: Akira Onuma/O LIBERAL)
30/03/2016 às 09:00

O vice-presidente do Fast, Claudio Nobre, afirmou na tarde de ontem que não acredita que o Paysandu tenha escalado um jogador irregular nas duas partidas da Copa Verde.

Rumores de uma suposta escalação irregular de um atleta do Papão ganhou força nas redes sociais, depois que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) solicitou da Federação Amazonense de Futebol (FAF) a súmula da partida contra entre o Tricolor de Aço e o time paraense, no empate em 1 a 1, na Arena da Amazônia.



“Acredito que não vai dar em nada. O Paysandu é um clube grande e estruturado e não dariam um vacilo desse”, afirmou Nobre, confirmando que, se o Paysandu for punido, o Rolo Compressor volta à competição. “Se tiver que voltar, nós vamos voltar”, declarou.

De acordo com o diretor da FAF, Ivan Guimarães, a CBF teve uma atitude anormal ao pedir com urgência o documento. “Apenas a CBF pediu que a súmula da partida fosse enviado com urgência. Isso não é normal, até porque a súmula chega lá pelo árbitro. Não é normal a CBF pedir a súmula. Da nossa parte apenas mandamos”, disse.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.