Publicidade
Esportes
DE GAVIÃO A URUBU

William Arão: Ele 'ganhou' tudo com o Timão e agora tá no Mengo

Multicampeão com o Corinthians, Willian Arão encara o Timão no Itaquerão com a camisa do Flamengo 03/07/2016 às 11:50
Show william arao
Em ótima fase na Gávea, Arão é o motor do time de Zé Ricardo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Denir Simplício Manaus (AM)

Ultimamente, quando se fala nos confrontos entre Corinthians e Flamengo dois assuntos logo vêm à tona: o duelo das duas maiores torcidas do Brasil e o reencontro do atacante Paolo Guerrero com o Timão, onde foi campeão mundial. No entanto, não é apenas o badalado peruano que se reencontrará com a fiel torcida corintiana neste domingo (3), às 15h, no Itaquerão. Hoje no Rubro-Negro, o volante Willian Arão já engrossou as fileiras do time do então técnico Tite no período áureo da equipe do Parque São Jorge. 

Mesmo na condição de reserva, o meio-campista conquistou a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes da Fifa, em 2012. No ano seguinte, estava no elenco que foi campeão paulista e da Recopa Sul-Americana. Porém, poucos corintianos recordam de Arão, que atuou apenas 17 vezes com a camisa do Corinthians, tampouco os flamenguistas.      

Moral na Gávea

Arão surgiu na base do São Paulo e teve atuação discreta pelo Espanyol-ESP antes de passar quase despercebido - apesar dos títulos - pelo Corinthians. Passou ainda por Portuguesa, Chapecoense e Atlético-GO, sem deixar saudades por onde jogou, antes de brilhar no clube da Estrela Solitária. Seu futebol “sem gás”  ganhou força no Botafogo, tanto que o Flamengo seduziu o volante e o contratou. Na Gávea, o meia se transformou no “motor” da equipe e virou unanimidade no setor de meio-campo. 

A evolução de Willian Arão ganhou destaque com os gols - já são cinco com a camisa rubro-negra - e o incansável sentido de marcação. A liderança dentro de campo o fez ganhar moral na equipe do interino Zé Ricardo e a braçadeira de capitão parece estar em bom lugar. Aos 24 anos, Arão vai reencontrar o time onde “    não deu certo”. Mais experiente e com espírito de liderança, o camisa 5 do Flamengo espera sair do “hospício do Itaquerão” com uma vitória e, consequentemente, uma vaga no G4 do Brasileirão. 

“O Campeonato Brasileiro é difícil, mas somos o Flamengo. Temos uma boa equipe e vamos fazer um grande jogo para buscar o resultado positivo contra o Corinthians mesmo fora de casa, afirmou o volante.

Para o duelo contra o vice-líder do Brasileiro, o técnico Zé Ricardo deve manter o mesmo time que bateu o Inter-RS, em Cariacica, no meio de semana. O  interino, que pode virar efetivo na próxima semana, ainda deve contar com os retornos do zagueiro Juan e do goleiro Paulo Vítor entre os suplentes. A baixa fica por conta de Sheik, que sentiu incômodo muscular e deve ser vetado.

FICHA TÉCNICA

Corinthians:  Cássio (Walter), Fagner, Balbuena, Vilson (Pedro Henrique) e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano. Téc: Cristóvão Borges.

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Ederson; Marcelo Cirino e Paolo Guerrero. Técnico Zé Ricardo.

 

Publicidade
Publicidade