Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020
Craque

Zagueiro de 17 anos surpreende técnico do Rio Negro (AM)

Bianor Neto, filho do experiente Ney Júnior surpreendeu o técnico do Galo, Iane Gebes, pela sua habilidade em campo



1.jpg Bianor filho de Ney Júnior jogou pelo Rio Negro no Clássico Rio x Nal
26/03/2012 às 16:35

Com apenas 17 anos, Bianor Neto, filho do zagueiro Ney Júnior, tem surpreendido a comissão técnica do Rio Negro durante o returno do Campeonato Amazonense. De acordo com o técnico Iane Gebes, o garoto é muito habilidoso e tem feito a diferença na equipe do Galo, líder da competição com duas vitórias.

“Bianor é um garoto esperto que vem fazendo um excelente trabalho na equipe, eu estou satisfeito e acredito no potencial dele em campo”, declarou o treinador.



Assim como o pai, Bianor ocupa a zaga do Galo, ele conta que é bom ouvir elogios, mas que o mais importante é poder mostrar o seu talento.

“É sempre bom contar com a confiança do treinador, eu fico feliz. Meu objetivo é  revelar o meu futebol da melhor forma possível e ajudar o Rio Negro a sair da zona de rebaixamento”, comentou o zagueiro.

A primeira partida de Neto pelo Galo foi durante o clássico Rio-Nal no primeiro turno, quando o Rio Negro recebeu a goleada história de 7 a 0 do Leão da Vila Municipal, considerado um dos seus maiores rivais, mas isso são águas passadas. Na próxima quarta-feira (28), o time Barriga Preta terá a chance de “descontar”, porém, além da revanche o que mais tem mexido com Bianor é a oportunidade de poder jogar ao lado do pai.

“Sei que não será uma situação normal ter o meu pai, do qual sou fã número um, jogando ao meu lado, mas acredito que conseguirei segurar a emoção para poder ouvir as orientações dele, pois eu sei que isso só contribuirá para que eu possa evoluir no jogo”, disse.

As chances de pai e filho jogarem juntos são mínimas, pelo menos por enquanto. Segundo Iane Gebes, Ney Júnior ainda está em processo de recuperação e talvez não participe do clássico Rio-Nal.

A partida acontecerá no estádio do SESI e terá transmissão ao vivo da TV Acritica.


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.