Publicidade
Amazônia
sustentabilidade

AM terá 24 hubs de transmissão de conferência em NY sobre desenvolvimento

Amazon Day tem por objetivo engajar pessoas de diferentes países da Amazônia na agenda dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU 21/09/2016 às 15:02 - Atualizado em 21/09/2016 às 15:04
Show icsd
Na FAS e na UFAM, o evento será transmitido em inglês, sem tradução. Os hubs da UEA contarão com tradução simultânea feita pela equipe da universidade (Foto: Divulgação)
acritica.com* Manaus (AM)

No próximo dia 23 de setembro acontece o Amazon Day, evento internacional que tem por objetivo engajar pessoas de diferentes países da Amazônia na agenda dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU). O encontro será uma sessão especial da 4ª Conferência Internacional sobre Desenvolvimento Sustentável (International Conference on Sustainable Development, ICSD em Inglês), realizada na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, e contará com 27 locais de transmissão no Brasil, Colômbia e Peru, além de disponível em tempo real pela internet.

O evento é liderado pela Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia (SDSN-Amazonia), rede regional ligada à ONU e secretariada pela Fundação Amazonas Sustentável.

O Amazon Day busca promover e sensibilizar a sociedade em torno da implementação da  Agenda 2030 na Amazônia, através de um engajamento baixo custo e grande abrangência, de forma a incluir todos os interessados no tema independente do setor em que esteja baseado. Lançados pela ONU em 2015, os 17 ODS estão diretamente relacionados a temáticas como erradicação da pobreza, segurança alimentar e agricultura, saúde e educação. 

“A ideia é promover um evento global de baixa emissão de carbono de compartilhamento de experiências entre pessoas de vários contextos da bacia amazônica, reunindo experiências de diversos contextos e segmentos, e engajando mais pessoas na agenda dos ODS”, explica o superintendente-Geral da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), que realiza a Secretaria da Rede na Região Amazônica, e líder da rede SDSN para a América do Sul, Virgilio Viana. 

A abertura de cerimônia será transmitida ao vivo da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, para Manaus e Rio de Janeiro (Brasil), Bogotá e San José del Guaviare (Colômbia) e Iquitos (Peru) e também via Youtube para qualquer usuário da internet. Por meio de uma parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o evento chegará ainda a 18 municípios no interior: Itacoatiara, Lábrea, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Tefé, Boca do Acre, Careiro Castanho, Carauari, Eirunepé, Humaitá, Ipixuna, Manacapuru, Manicoré, Maués, Novo Aripuanã, Nova Olinda do Norte e Presidente Figueiredo.

Em Manaus a sessão será transmitida em inglês a partir das 9h na Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA) e Auditório da Reitoria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), no Centro de Ciências do Ambiente, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), e no Auditório D. Lidia Parisotto, localizado na sede da FAS (Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro). Os participantes que assistirem à transmissão nestes hubs receberão certificado digital de participação. Na FAS e na UFAM, o evento será transmitido em inglês, sem tradução. Os hubs da UEA contarão com tradução simultânea feita pela equipe da universidade.

Programação

Na manhã do dia 23 (sexta-feira), a partir das 9h, será realizada a sessão “O Estado do Amazonas e os desafios  na promoção do Desenvolvimento Sustentável” (The state of the Amazon and challenges to promote sustainable development, em inglês). Essa sessão será transmitida a todos os hubs e via youtube, e terá como participantes Virgilio Viana (SDSN-Amazonia/FAS), Carlos Aragon (OTCA), Yolanda Kakabadse (WWF), Marcos Simões (SDSN-Brasil),  Adalberto Val (INPA e SDSN-Amazonia), Thomas Lovejoy (UN Foundation), Luz Marina Mantilla Cárdenas (Instituto Sinchi), Luis Carlos Baca (IIAP), Pedro Solano (SPDA) e André Pinto (Fundação Roberto Marinho). A sessão será em inglês, sem tradução.

No período da tarde, será transmitida a sessão “Engajando Jovens para o Desenvolvimento Sustentável na Região Amazônica” (Engaging youth for sustainable development in the Amazon region, em inglês). Entre os convidados confirmados do Amazon Day estão  Siamak Sam Loni (líder da Rede SDSN-Jovem), Rachel Ellen Lee Guiden (CISV International), e Thessa Ferraz, da ONG Engajamundo. Após a transmissão, entre as 16h30 e 18h, na sede da FAS, será realizada uma roda de conversa e dinâmica sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). A sessão também será em inglês, sem tradução.

No Rio de Janeiro, o tema da sessão seguinte é Cidade Sustentáveis da Amazônia. Em Bogotá, na Colômbia, o tema das mesas redondas é sobre gestão integrada do território amazônico e o desenvolvimento social e econômico da Amazônia na ótica dos ODS. Na sede do Instituto Sinchi na Colômbia, em San José del Guaviare, o tema é gestão hídrica na Amazônia, mesmo tema escolhido pela SPDA e IIAP em Iquitos no Peru. No hub peruano haverá o lançamento do vídeo sobre a nascente do Rio Amazonas nos andes peruanos.

Confira a programação de todos os hubs: http://www.sdsn-amazonia.org/conferencia-internacional 

Para inscrições: https://goo.gl/forms/BvvjS9IBlcdFWfHr2

Para mais informações sobre a conferência, confira o site http://ic-sd.org/

Conheça mais sobre a Rede SDSN-Amazonia: http://sdsn-amazonia.org/

*Com informação de assessoria

Publicidade
Publicidade