Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
Amazônia

AM terá a 1º Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável

SDS reconheceu áreas particulares preservadas como Reserva Privada de Desenvolvimento Sustentável, que será gerida por empresa



1.gif Primeira RPDS do AM está situada no Município de Manicoré, no interior do Estado
06/06/2013 às 08:30

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SDS) oficializou nesta quarta-feira (05), no Dia Mundial do Meio Ambiente, a primeira Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável (RPDS) do Amazonas com a assinatura da portaria que a reconhece. O texto foi encaminhado para publicação no Diário Oficial do Estado.

A Empresa Brasileira de Conservação de Florestas (EBCF), voltada para ações de preservação ambiental e da biodiversidade, é a primeira detentora da unidade de conservação reconhecida pelo Governo do Estado do Amazonas.



A primeira unidade de conservação privada do Estado está localizada no Município de Manicoré (distante 333 quilômetros de Manaus) e corresponde a uma área de 14.451,996 hectares. Ao todo, 15 comunidades que vivem no entorno da reserva serão beneficiadas, somando pouco mais de 300 famílias e aproximadamente 1,8 mil pessoas. A proposta da Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável é criar oito áreas interligadas, com títulos definitivos individuais e que terão a gestão unificada.

“A criação de uma categoria desse tipo de reserva, em que é possível compartilhar o uso sustentável dos recursos numa área particular, ainda não tinha sido regulamentada pelo Governo Federal. E o Estado do Amazonas mais uma vez foi pioneiro e a partir do Decreto nº 30.108 de 22 de junho regulamentou essa categoria. Com isso, nós conquistamos a possibilidade de trazer a iniciativa privada para nos ajudar também a ampliar áreas de conservação no Estado do Amazonas”, explicou Nádia Ferreira, titular da SDS.

A EBCF deu entrada no processo de conservação privada em 2011. “Estamos finalizando o plano de gestão da reserva aonde contempla de forma detalhada todos os programas, projetos e atividades que serão desenvolvidos dentro da reserva, com a participação de todas as comunidades e que será devidamente protocolada e aprovada junto ao Governo do Amazonas”, disse  presidente da EBCF, Leonardo Barrionuevo.


Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.