Publicidade
Amazônia
Mais verde

‘Arboriza Manaus’ realiza plantio no canteiro central da avenida Torquato Tapajós

Ao todo, serão plantadas 224 mudas das espécies jutairana e pau pretinho. A ação tem como meta realizar o plantio de 10 mil mudas em 58 logradouros públicos da cidade 13/06/2016 às 20:59 - Atualizado em 14/06/2016 às 11:56
Show 271cb75c 3608 45d8 ae54 26a39d9cadfe
(Foto: Karla Vieira/Divulgação)
acritica.com

O Plano de Arborização 2016 da Prefeitura de Manaus, o “Arboriza Manaus”, chegou à av. Torquato Tapajós, na Zona Oeste, com plantio no canteiro central do corredor viário preenchendo espaços vazios deixados por processos de arborização anteriores. Ao todo, serão plantadas 224 mudas de árvores das espécies pau pretinho e jutairana.

O trabalho prossegue após as intervenções do Arboriza Manaus já realizadas nos principais corredores viários da zona Norte, a exemplo das avenidas Max Teixeira, Camapuã, Noel Nutels, Nathan Xavier, Bolas do Oito e da Cascavel, Complexo Viário 28 de Março, Av. Guaranás, na Baixada Fluminense, além dos parques da Juventude 1 e 2 do Loteamento Nascentes das Águas Claras, praças do Petrópolis e Dom Pedro.

Desde o dia 21 de março, quando foi lançado, até agora, o plano, que tem como meta realizar o plantio de 10 mil mudas em 58 logradouros públicos da cidade, já plantou 2.339 mudas. Com a ação na Torquato Tapajós, esse número subirá para 2.536.

“Estamos avançando com as ações de plantio num ritmo intenso de trabalho. Nossa intenção é atingir e até quem sabe suplantar a meta das 10 mil mudas até o final do ano”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar, lembrando que, de março até agora, já foram atingidos 25% da meta, em aproximadamente três meses.

A Semmas reforçou o plantio com a contratação de terceirizados para atuar nos logradouros públicos, com recursos do Fundo Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente (FMDMA). O objetivo é realizar ações de arborização diariamente ao longo de todo o ano.

Em algumas situações, o plantio de mudas necessita da retirada de camada asfáltica do solo, a exemplo de alguns trechos das avenidas André Araújo, Djalma Batista, Constantino Nery e da própria Torquato Tapajós.

Outro aspecto importante do trabalho é o combate às ilhas de calor da cidade. Segundo estudos relacionados a esse fenômeno em Manaus, a zona Norte é uma das regiões da cidade que apresentam as temperaturas mais altas.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade