Publicidade
Amazônia
Oficina para projetos socioambientais

Bons projetos são porta de entrada de recursos para pesquisas

Oficina oferecida durante workshop promovido pelo Inpa deu orientações para quem está em busca de recursos para projetos científicos no meio socioambiental 20/08/2013 às 11:15
Show 1
Oficina orientou sobre elaboração de projetos socioambientais
acritica.com * ---

Recursos e instituições para financiar projetos existem, o desafio é tirar as ideias do papel, traças objetivos e correr atrás para torná-los realidade.

Nessa segunda-feira(19), dentro da programação do II Workshop de Tecnologias Sociais realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia(Inpa/MCTI), uma oficina discutiu justamente a capacitação de fomentos socioambientais.

A oficina foi ministrada pela professora da Ufam, Maria do Perpétuo Socorro Chaves que afirmou existirem diversas opções para a obtenção destes recursos para a pesquisa.

“Não podemos reclamar que não temos instituições dispostas a financiar projetos, pois existem vários órgãos federais e privados, como bancos, ministérios, associações, agencias e ONGs, tudo para ampliar a execução de bons projetos para a sociedade”, relatou Chaves.

Segundo a professora, são necessárias várias etapas até conseguir realizar o projeto e é preciso estabelecer prioridades e estratégias na etapa inicial. “Primeiramente é preciso colocar as suas ideias no papel, descrever a natureza do seu projeto e traçar seus objetivos, para depois ir atrás de financiamento”, explicou.

Para o estudante de mestrado do programa de pós-graduação em Agricultura no Trópico Úmido (PPG-ATU) do Inpa, Augusto Cruz de Meireles, a oficina foi bastante esclarecedora para quem quer realizar projetos sociais. “Eu e mais uns colegas pensamos muito em desenvolver projetos no interior do Amazonas, e com a explicação da professora vejo como posso produzir um projeto com as normativas para ser aceito pelas instituições”, comenta o estudante.

Ainda de acordo com a professora, há várias agências financiadoras e instituições de fomento que ajudam na execução de novos projetos. Chaves informa que é preciso ficar atento às oportunidades, no site http://www.financiar.org.br/ ou procurar mais informações na pró-reitoria de Inovação Tecnológica da Ufam (PROTEC).

Oficinas

As oficinas continuam nesta terça-feira (20) pela manhã. Metodologia Participativa, com o professor Michel Jean; Economia Solidária, com a professora Myrian Nydes; e Avaliação de Projetos e Construção de Indicadores Sociais, com o professor Jorge Cerqueira.

Publicidade
Publicidade