Publicidade
Amazônia
prevenção

Campanha alertará sobre mortes de periquitos de asa branca em Manaus

De acordo com a Sema, o desrespeito à sinalização na Av. Efigênio Salles tem resultado em mortes das aves, por atropelamento, quase que diariamente. 14/01/2017 às 18:47
Show whatsapp image 2017 01 14 at 16.10.07
Neste sábado, A CRÍTICA flagrou vários animais mortos no local (Foto: Jander Robson)
acritica.com Manaus (AM)

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) lançará nas próximas semanas uma campanha para alertar a população sobre a importância de proteção aos periquitos de asa branca (Brotogeris versicolurus) que pernoitam em árvores do canteiro central, da avenida Ephigênio Salles, na zona Centro-Sul de Manaus.
 
O intuito é evitar mortes das aves que são protegidas pela lei federal n° 5.197, de 3 de janeiro de 1967. Neste sábado, A CRÍTICA contabilizou pelo menos 20 aves mortas no local.  A iniciativa contará com a parceria de órgãos municipais e estaduais de fiscalização ambiental, trânsito e transporte, além de empresas da iniciativa privada. O planejamento da ação está em curso e os detalhes serão divulgados nas próximas semanas.

 
Levantamento da pasta identificou que mesmo com intensificação da sinalização, muitos condutores não respeitam o limite de velocidade no trecho e ainda trafegam pela faixa da esquerda da via, no caso veículos de transporte de carga, tais como caminhões contêineres e “cegonha”, que deveriam trafegar pela faixa da direita. O desrespeito à sinalização tem resultado em mortes das aves, por atropelamento, quase que diariamente, o que não pode ser aceito, conforme ressalta o secretário de Estado do Meio Ambiente, Antonio Stroski.
 
“A Sema está preocupada com essa questão e precisamos encontrar um ponto de equilíbrio para resguardar a vida das aves que fizeram daquele trecho um abrigo. Elas são protegidas por lei e nada pode ser feito contra elas. Infelizmente alguns periquitos ainda são encontrados mortos por respeito de alguns condutores e queremos mudar essa realidade com uma campanha para que a população adote a defesa dessas aves e possa observar a beleza da presença delas naquela avenida”, destacou.

Publicidade
Publicidade