Publicidade
Amazônia
Amazônia

Campanha arrecada fundos para exibir em cinema de Manaus filme ‘A Lei da Água’

Após arrecadação de R$ 1,8 mil, documentário que explica relação entre novo Código Florestal e crise hídrica brasileira poderá ser exibido em Manaus 31/03/2015 às 16:18
Show 1
Doadores da campanha ganharão diversas recompensas
ACRITICA.COM ---

O filme “A Lei da Água”, documentário brasileiro que explica a relação entre o novo Código Florestal e a crise hídrica brasileira, poderá ser exibido em Manaus. Uma campanha de crowdfunding (financiamento coletivo) está sendo realizada na internet para apoiar uma sessão do filme na capital amazonense.

Ao todo, precisam ser arrecadados R$ 1.800. Os doadores ganham diversas recompensas, como ingressos, convite para debates com especialistas e até um pôster autografado pelo diretor. A iniciativa é apoiada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS). Faça a sua contribuição aqui!

A produção foi realizada ao longo de 16 meses, com base em 37 entrevistas realizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Mato Grosso, Paraná e Brasília. Foram entrevistados ambientalistas, cientistas, ruralistas e agricultores, alguns dos quais acompanharam de perto a tramitação da nova lei no Congresso e opinam sobre seus impactos, trazendo perspectivas diversas e discordantes sobre o tema.

Em Manaus, o filme poderá ser exibido no cinema Kinoplex, localizado no Amazonas Shopping, Avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul. A sessão, se realizada, será no dia 06 de abril de 2015, às 21h. Assista o trailer do filme: https://www.youtube.com/watch?v=n3wZxYgRyWQ

Cada contribuição de R$20 dá direito a um ingresso para a exibição, que como projeto precisa captar um valor mínimo de R$ 1.800,00 para o pagamento da sala de exibição. Sendo assim, com 90 pessoas apoiando com R$ 20,00 (vinte reais) esta ideia já é possível levar o filme para o cinema.

Os organizadores ressaltam que este projeto não possui fins lucrativos, e todo o dinheiro arrecado será revertido para que o filme possa ser levado a comunidades carentes, escolas e cidades onde o acesso as salas de cinema é mais complicado.

Caso o valor de R$ 1.800,00 seja atingido com antecedência, novas contribuições serão possíveis desde que ainda haja ingressos disponíveis. É possível fazer contribuição por meio de cartão de crédito ou boleto bancário.

O ingresso será entregue no dia da exibição, no próprio cinema. Caso o valor mínimo do projeto não seja atingido a tempo e a exibição seja cancelada, você receberá de volta o valor que contribuiu.

Participará do debate Muriel Saragoussi, militante histórica da causa socioambiental, atualmente gerente científica do Programa LBA/MCTI e Coordenadora de Formação da Rede Sustentabilidade.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade