Publicidade
Amazônia
ALERTA

Cheia do rio Negro deste ano pode ser a mais branda, afirma CRPM

No levantamento feito pelo CPRM levando em conta os meses de fevereiro a abril, a cota máxima deve oscilar entre 26,90m a 27,50m 02/05/2016 às 12:19 - Atualizado em 02/05/2016 às 12:50
Show 20160502091839
Na coletiva que aconteceu na manhã desta segunda-feira (2), foi feito o primeiro alerta de cheia (Paulo André Nunes)
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Diferente dos últimos cinco anos, a tendência é que a cheia do rio Negro deste ano seja mais branda, segundo informações repassadas na manhã desta segunda-feira (2), pelo Serviço Geológico do Brasil (CRPM) em parceria com órgãos de Defesa Civil do Estado e do Município.

No levantamento feito pelo CPRM levando em conta os meses de fevereiro a abril, a cota máxima deve oscilar entre 26,90m a 27,50m. A máxima histórica do rio Negro ocorreu em 29, 30 e 31 de maio de 2012, e ‘1º de junho daquele ano, quando alcançou 29,97m.

“A previsão desse segundo alerta de cheias emitido hoje indica uma cheia abaixo da média onde o rio Negro deve oscilar ao redor dos 27 metros. A previsão máxima é que ele alcance uma cota de 27,50m. Então, é uma cheia dentro da normalidade que não deve causar grandes transtornos e prejuízos à população ribeirinha, seja da capital Manaus, seja do próprio interior”, disse Marco Oliveira, superintendente regional do CPRM.

A cota do rio Negro nesta segunda, atingiu 25,57m, contra 28,15m do mesmo período do ano passado – 2,58 metros menor que 2015.

Ainda em 2015, a máxima foi registrada em 29 de junho, com 29,66m

A cota de alerta de inundação foi estabelecida pela CPRM para a capital amazonense para que as autoridades possam agir nas áreas mais baixas de Manaus de forma a mitigar os efeitos da cheia sobre a população.

Publicidade
Publicidade