Publicidade
Amazônia
Amazônia

Circuito de Ciência deverá incluir escolas da região metropolitana de Manaus em 2013

Serão incluídos alunos  de escolas das cidades de Rio Preto da Eva, Iranduba e Manacapuru. O projeto tem como objetivo promover o conhecimento científico  proporcionando aprendizado e entretenimento baseados no ambiente amazônico. 29/01/2013 às 16:05
Show 1
Mais de 45 mil pessoas já participaram das atividades do Circuito
acritica.com* ---

A partir deste ano alunos de escolas públicas de municípios como Rio Preto da Eva, Iranduba e Manacapuru poderão participar do Circuito da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), que completa 14 anos. O projeto já atende alunos da rede pública de ensino de Manaus e comunidades próximas.

A Região Metropolitana é formada pelos Municípios de Manaus, Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Novo Ayrão, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva

O projeto tem como objetivo promover o conhecimento, a sensibilização ambiental e a divulgação da informação científica por meio de apresentações em estandes e de contato com a fauna e a flora, proporcionando aprendizado e entretenimento baseados no ambiente amazônico.

Mais de 45 mil pessoas já participaram das atividades do Circuito. “No ano passado a gente inovou quando viemos com a proposta de inserir, junto com as 40 escolas contempladas por ano, um número bastante expressivo de escolas ribeirinhas. Isso foi um diferencial e esse ano também se pretende envolver o maior número de escolas do entorno de Manaus”, afirma o coordenador do Circuito, Jorge Lobato.

 

Em 2012 contou-se com a participação 2.800 estudantes, vindos de 50 escolas. Este ano espera-se por volta de 3.000 alunos ao longo das edições.

Educação em foco

Lobato atenta ainda a melhoria de comportamento das crianças e também no crescente interesse do público participante no desenvolvimento sócio-ambiental e econômico da Amazônia, devido a interação entre a produção científica, tecnológica e inovação com a sociedade. “É necessário estabelecer mecanismos que promovam a popularização da ciência, podendo gerar trabalho, renda, qualidade de vida, proteção do meio ambiente e maior participação no direcionamento das políticas públicas”, explana o coordenador.

O evento é uma iniciativa da Coordenação de Extensão (Coex), pelo Serviço de Apoio às Áreas de Visitação (Saav) do Inpa, em parceria com a Prefeitura de Manaus e Governo do Estado e conta com o patrocínio da Petrobrás e da Moto Honda da Amazônia. O Circuito da Ciência acontece no último sábado de cada mês, contemplando a cada edição, pelo menos cinco horas de atividades lúdicas ministradas por servidores do Inpa, agentes de educação ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semma) e representantes de instituições parceiras, como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), a Associação dos Servidores do Inpa (Assinpa), Manaus Ambiental, Fametro, Musa, Sesc e Sesi.

 Workshop

No próximo mês será realizado um workshop com os principais parceiros do Circuito com a pretensão de verificar o que vai ser apresentado a cada edição. “O Inpa ampliou um leque que permite várias empresas do Estado estar participando das atividades socioeducativas, que são as exposições e as oficinas. Isso tem permitido, inclusive, os parceiros mostrarem para cidade o tipo de trabalho que eles desenvolvem na linha ambiental de suas próprias instituições”, frisa Lobato.

 As escolas selecionadas serão apresentadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria do Estado de Educaçao do Amazonas (Seduc) no workshop.

 Cronograma

 O Circuito da Ciência acontecerá todo mês nas seguintes datas: 30 de Março; 27 de Abril; 25 de Maio; 08 de Junho; 27 de Julho; 31 de Agosto; 28 de Setembro; 26 de Outubro; 30 de Novembro; e 14 de Dezembro.


* Com informações da assessoria de Comunicação

Publicidade
Publicidade