Segunda-feira, 06 de Abril de 2020
CRONOGRAMA

CMA e Bolsonaro definem hoje ações de combate a incêndios na Amazônia

Entre dez municípios em que há mais registros de focos de calor, sete estão no sul do Amazonas



bolsonaro_xxxxxxxxxxxxxxxx_A399EDA8-7B80-4575-B6DA-A27E550D3FD8.JPG Foto: Reprodução/Internet
26/08/2019 às 14:14

Após o governador Wilson Lima (PSC) assinar no último sábado (24) o ofício que solicita ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) apoio das Forças Armadas para o combate às queimadas no Amazonas, o Comando Militar na Amazônia (CMA) declarou que está em fase de planejamento para início das operações no Estado. O setor de Comunicação do Comando informou que às 16h de hoje será realizada uma reunião por meio de videoconferência com o presidente da República para definir os detalhes da atuação do Exército, onde os outros estados da Região Norte que já solicitaram apoio também participarão.

“Serão ações de vários tipos. Primeiro na parte de inteligência e monitoramento, onde serão utilizados meios satélites e aéreos. Ações com tropas de combate ao fogo direto. Ações com aeronaves da Força Aérea Brasileira. A quantidade de meios e pessoal ainda está em fase de planejamento”, disse o coronel Robert, do CMA.



O coronel informou ainda, que o Exército conta com aproximadamente 220 mil homens e que a instituição possui capacidade para empregar quase todo o seu quadro efetivo. De acordo com o Governo do Estado, também foram intensificadas ações no sul do Amazonas, onde se concentram cerca de 85% das ocorrências de focos de calor registrados no sistema de monitoramento estadual. Ao solicitar o apoio do Governo Federal, Wilson Lima disse que a situação do Amazonas é preocupante.

“Precisamos de ajuda do Governo Federal principalmente para o sul do Amazonas, na fronteira com outros estados. Mas também é importante ressaltar que todos os registros de focos de calor e desmatamento representam 0,16% do território do Amazonas, então é menos de 1%. Não que isso não seja grave, mas isso também acaba causando prejuízos à nossa imagem”, afirmou Wilson.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), entre dez municípios em que há mais registros de focos de calor, sete estão no sul do Estado. Dos 7.150 focos identificados entre 1º de janeiro a 20 de agosto, 6.016 estavam distribuídos em sete municípios da região: Apuí, Lábrea, Novo Aripuanã, Manicoré, Boca do Acre, Humaitá e Canutama.

Das ocorrências, 43% foram identificadas em áreas federais e perto de 1% em unidades de conservação estaduais gerenciadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). Os focos de calor até então identificados representam 0,16% de toda a extensão territorial do Amazonas.

News whatsapp image 2019 05 27 at 11.54.48 8d32dbdd 4f80 4c51 b627 e3873c2e56de
Repórter
Cientista Social, Escritora e Jornalista. Repórter de A Crítica, apaixonada pela arte de contar histórias.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.