Publicidade
Amazônia
arborização em manaus

Complexo 28 de Março recebe plantio de 490 mudas de árvores no Dia do Meio Ambiente

Cerca de 500 pessoas, entre estudantes e professores de instituições de ensino superior, juntamente com integrantes de movimentos sociais de apoio à arborização urbana, participaram da ação 05/06/2016 às 17:49
Show fc6a52f9 ce04 43b6 a7ce 4ba2952967ee
Fotos: Márcio James / Semcom
acritica.com* Manaus (AM)

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado neste domingo, 5, foi marcado pelo plantio de 490 mudas de árvores nos nove canteiros que integram o Complexo Viário 28 de Março, que dá acesso ao Aeroporto Eduardo Gomes, na Avenida Torquato Tapajós.

Cerca de 500 pessoas, entre estudantes e professores de instituições de ensino superior, juntamente com integrantes de movimentos sociais de apoio à arborização urbana, participaram da ação, desenvolvida pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

O plantio fez parte das atividades do Plano de Arborização 2016, o Arboriza Manaus, que tem como finalidade plantar até o final deste ano 10 mil mudas de árvores em 58 logradouros públicos da cidade. A atividade encerrou a programação da Semana do Meio Ambiente 2016.

“É uma data muito importante e que nos leva a refletir sobre o nosso papel na preservação do Planeta. Por isso, tenho certeza, que podemos contar com todos que estão aqui na missão de arborizar a cidade”, disse o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar.

Com esta ação, o Arboriza Manaus – iniciado no último dia 21 de março – já conseguiu incorporar à paisagem de canteiros centrais, passeios públicos, praças e áreas verdes da cidade, no total, 2.178 árvores de espécies variadas, como ipês, pau-pretinho, jutairana, com altura entre 1,50 e 1,80 metro.

As ações de plantio do Arboriza Manaus tiveram início pela Zona Norte, onde estão concentradas as maiores demandas de arborização. “O avanço da cidade em direção da Zona Norte, com a implantação de condomínios e projetos de loteamento, ao longo dos anos, fez surgirem ilhas de calor naquela região da cidade mas iremos abranger 35 bairros em todas as zonas de Manaus”, explicou o secretário, que lembrou também que, além de plantar, o Arboriza Manaus está convocando a população a participar das ações.

Representantes dos movimentos sociais de apoio à arborização, como Eu que Plantei, Manaus Mais Verde, No Amazonas é Assim e Jardim Comunitário, marcaram presença na ação. “É importante estarmos juntos nesse trabalho porque é fazendo acontecer na prática que conseguiremos tornar mais verde, não apenas ficarmos no discurso”, afirmou um dos coordenadores do movimento Manaus Mais Verde, o advogado Júlio Antonio Lopes. Segundo ele, as intervenções que estão sendo feitas na cidade já são visíveis e vêm modificando significativamente a paisagem em vários logradouros públicos.

Para o estudante do curso de Engenharia Ambiental da Nilton Lins, Arthur Gerrits, 19, a integração do poder público com os movimentos sociais é fundamental para a melhoria dos índices de arborização. “Somos nós que temos que cuidar e estar conscientes da nossa responsabilidade”, afirmou Arthur. Sara Pires Cavalcanti, 19, elogiou a iniciativa da prefeitura e disse que valeu a pena ter participado do plantio. “Devemos ter mais ações coletivas como essa sempre porque fortalece a parceria”, afirmou Sara.

Já receberam mudas de árvores os parques da Juventude Águas Claras, Baixada Fluminense, Avenidas Max Teixeira, Noel Nutels, Camapuã, Djalma Batista, Nathan Xavier, Praça do Petrópolis, Passeio do Bindá (Conjunto Eldorado), Praça da Cavalaria (Dom Pedro), Praça  (São Jorge), Jorge Teixeira, Manaus 2000, Avenida Rodrigo Otávio (Japiim), Campo do Bahia.

Participaram da ação estudantes e professoras das faculdades Estácio do Amazonas, Uninilton Lins, Uninorte, Esbam e Fametro, além da representantes da OCA do Conhecimento Ambiental da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Batalhão Ambiental da Polícia Militar, Defesa Civil do Município e Manaustrans.

Programação intensa

Os parceiros também participaram do evento Meio Ambiente e Saúde, que ocorreu na manhã do último sábado, 4, no Parque Municipal do Mindu, dentro da programação da Semana do Meio Ambiente 2016. Diversas atividades foram desenvolvidas com o apoio de estudantes e professores dos cursos de Nutrição, Engenharia Ambiental e Educação Física, da Fametro, Estácio do Amazonas e Uninorte. Grupos de escoteiros, Universidade da Terceira Idade, Heikin, Ipaam, Manaus Ambiental, entre outros parceiros, marcaram presença, com exposição de trabalhos e experimentos acadêmicos voltados paras as áreas de meio ambiente e saúde.

*As informações da Semcom

Publicidade
Publicidade