Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Conferência indígena

Conferência define propostas sobre Saúde Indígena

Delegados que irão para etapa nacional da Conferência vão encaminhar 70 propostas resultantes dos dias de realização da etapa distrital da Conferência que aconteceu em Manaus



1.jpg Delegados do DSEI aprovaram propostas que irão apresentar em Conferência Nacional
28/09/2013 às 12:38

Após três dias de discussões, os 212 delegados da etapa distrital da 5ª Conferência Nacional de Saúde Indígena (5ª CNSI) aprovaram 70 propostas para modificar a forma como o Governo Federal executa as ações de saúde junto às comunidades indígenas.

Devido a uma alteração regimental feita pelos participantes, Manaus envia o dobro de propostas que estava previsto. A argumentação dos indígenas é que durante a etapa local, nas aldeias, foram formuladas 622 propostas e seria difícil escolher “apenas” 35.

Entre as propostas aprovadas está o fortalecimento do controle social, por meio de garantias na legislação para ampliar o poder dos usuários do subsistema; a ampliação do quadro de profissionais do distrito; o reconhecimento da profissão de pajé e parteira, incluindo remuneração para este tipo de trabalho e novas parcerias com municípios e estados para o fornecimento de serviços de média e alta complexidade de saúde aos indígenas.


A assessora indígena do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Manaus, Mara Kambeba, destacou os avanços conquistados na saúde indígena desde a criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) em 2010 e disse que é necessário coesão e objetividade nas demandas feitas pelos indígenas durante a 5ª CNSI.

“Temos que reconhecer o quanto evoluímos na saúde indígena e precisamos saber reivindicar da forma correta, com as propostas bem formuladas e objetivas para serem defendidas na etapa nacional”.

 Etapa Nacional

Além do debate feito sobre o modelo de assistência da saúde o grupo elegeu 68 delegados que irão representar a região de Manaus na etapa nacional da 5ª CNSI, que será realizada de 26 a 30 de novembro em Brasília.

As propostas aprovadas juntam-se as sugestões feitas por outros 33 distritos que compõem o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (SasiSUS). O Conselheiro Wilson Valério Lopes, membro do Conselho Nacional de Saúde, reforçou a necessidade dos delegados manauaras pensarem em propostas que sirvam pata todos os indígenas do país.

“Durante a nacional temos que defender as nossas idéias de forma que elas resolvam os problemas de todos os índios do país, não só aqui de Manaus”, defendeu o conselheiro.

O DSEI Manaus atende a 25 mil índios de 35 etnias diferentes em um território que abrange 19 municípios.

(*) Com informações da Sesai


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.