Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
Cotidiano, Cheia, enchente, CPRM

Cota do Rio Negro pode ser de 30 metros, anuncia CPRM

Órgão realizou nesta quarta-feira (2), o segundo alerta de cheias para o Amazonas



1.jpg Municípios no entorno de Manaus, como Iranduba, por exemplo, já convivem com o drama da cheia

Uma cota de 30,13 metros deve ser registrada pelo rio Negro, na cheia deste ano, conforme o alerta de cheia divulgado nesta quarta-feira (2) em Manaus, pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

A medição do órgão dá conta de que a cota final do rio deverá variar de 29,40 metros a 30,13 metros.



Apesar da estimativa, de acordo com o superintendente do CPRM, Marco Antônio de Oliveira, tal marca não é o suficiente para precisar se haverá um recorde na cheia deste ano, em relação a 2009, ocasião em que foi registrado 29,77 metros.    

Nesta quarta-feira o nível do rio Negro, estava marcando 29,30 metros.

“Só será possível perceber se a cheia deste ano será maior que a de 2009, dentro de 20 a 25 dias”, explica Oliveira.

De acordo com o meterologista do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), Ricardo Dalla Rosa, o órgão está trabalhando com uma previsão de 22 milímetros pluviométricos, para este mês de maio, o que influirá diretamente no nível do rio.

“Há ainda outros fatores que contribuem como a subida nas cabeceiras dos rios, por exemplo”, observa.

Este foi o segundo alerta anunciado pelo órgão. No primeiro, ocorrido no início de abril, dava conta de que a o rio deveria registrar uma cota de 29,51 metros este ano.

O próximo anúncio do CPRM deve acontecer no dia 31 de maio.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.