Publicidade
Amazônia
Amazônia

Curso internacional de medição em grandes rios abre as inscrições

A capacitação oferece 36 vagas para profissionais brasileiros e estrangeiros de países amazônicos: Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela 29/06/2015 às 16:20
Show 1
No Porto de Manaus, a turma também visitará a régua que acompanha, desde 1902, o nível do rio Negro
acritica.com Manaus (AM)

Entre 29 de junho e 12 de julho, estarão abertas as inscrições para o XIV Curso Internacional de Medição de Descarga Líquida em Grandes Rios: Técnicas de Medição. Promovido pela Agência Nacional de Águas (ANA), em parceria com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), o treinamento é gratuito e voltado para profissionais de monitoramento de recursos hídricos.

A capacitação oferece 36 vagas para profissionais brasileiros e estrangeiros de países amazônicos: Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela.

As aulas teóricas e práticas acontecerão em Manaus e Manacapuru (AM) entre 20 e 29 de agosto. O XIV Curso Internacional de Medição de Descarga Líquida em Grandes Rios tem como objetivo capacitar profissionais da área de recursos hídricos do Brasil e demais países da América do Sul, principalmente os amazônicos, em técnicas e metodologias utilizadas em medição do volume de água que passa em grandes rios.

A capacitação também busca promover a padronização e difusão das técnicas nos países em questão.

Depois de aulas teóricas em Manaus, os alunos irão a Manacapuru para as aulas práticas no barco-escola, que navegará no rio Solimões durante as medições através dos métodos do Barco Ancorado e Acústico Doppler. Além disso, os participantes conhecerão uma plataforma de coleta de dados (PCD) próxima a Manacapuru, que monitora nível de rios e chuvas.

No Porto de Manaus, a turma também visitará a régua que acompanha, desde 1902, o nível do rio Negro na cidade e que é a estação mais antiga deste tipo na Amazônia.

Tanto o superintendente de Gestão da Rede Hidrometeorológica da ANA, Valdemar Guimarães, quanto o coordenador de Operação da Rede, Fabrício Alves, serão instrutores. Márcio Cândido (CPRM), Moacyr de Aquino (consultor) e Celso de Ávila (da empresa Cohidro) também conduzirão as atividades.

Os alunos selecionados para o curso deverão portar notebook para acompanhamento das atividades e será disponibilizado material didático aos participantes. As despesas com diárias e passagens ficarão por conta dos alunos ou das instituições a que pertencem. Ao final da capacitação será concedido certificado.

Os selecionados também deverão assinar um termo de responsabilidade, pois o curso oferece risco caso os alunos não sigam as orientações dos instrutores.

O curso conta com o apoio da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA); da Secretaria de Estado de Mineração, Geodiversidade e Recursos Hídricos (SEMGRH/AM); da Cohidro: Consultoria, Estudos e Projetos; e Sistemas Hídricos; e da empresa Hidrométrica: Técnicas em Recursos Hídricos.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade