Publicidade
Amazônia
Amazônia

Defesa Civil do AM distribui 20 toneladas de ajuda humanitária no Careiro Castanho

O órgão também enviará hoje nova remessa de socorro aos municípios de Coari, no Médio Solimões e Anamã, no Baixo Solimões, que recentemente decretou Estado de Calamidade Pública 24/06/2015 às 10:10
Show 1
No Careiro, que tem população de mais de 30 mil pessoas nas zonas urbana e rural, já são 561 os prejudicados por conta da cheia
acritica.com ---

Técnicos da Defesa Civil do Estado nesta quarta-feira (24) no município Careiro Castanho, na calha do Baixo Solimões, acompanhando a distribuição de 20 toneladas de cestas básicas a população afetada pela enchente na cidade, que permanece em Situação de Emergência desde o mês passado. O órgão também enviará hoje nova remessa de socorro aos municípios de Coari, no Médio Solimões e Anamã, no Baixo Solimões, que recentemente decretou Estado de Calamidade Pública.

“Além dessas, outras etapas de ajuda serão enviadas às cidades que estão em Emergência e Calamidade. A assistência do órgão será realizada até que o nível dos rios volte à normalidade”, ressaltou o Secretario Adjunto da Defesa Civil AM, Hermógenes Rabelo.

No Careiro, que tem população de mais de 30 mil pessoas nas zonas urbana e rural, já são 561 os prejudicados por conta da cheia. Além de alimentos, os agentes da Defesa Civil do Estado, também estão realizando orientações técnicas junto aos coordenadores municipais, sobre questões administrativas que devem ser executadas durante o período de Emergência.

  Os técnicos realizaram ainda, a entrega de donativos (colchões, caixas d’água e alimentos) a uma família que perdeu a casa durante um incêndio na cidade.

Novas remessas de ajuda

Hoje a Defesa Civil AM vai encaminhar ao município de Coari, que decretou Emergência em abril, a segunda etapa de ajuda humanitária. Serão mais 12 toneladas de cestas básicas. O município já havia recebido do órgão outras 12 toneladas de socorro (alimentos, kit’s dormitórios, medicamentos, hipoclorito de sódio e madeira).

Para Anamã, que segue em Calamidade Pública e que já contabiliza mais de oito mil afetados, serão liberadas mais 28 toneladas de cestas básicas. A cidade também já havia sido atendida com 27 toneladas de socorro às famílias.

Com as novas entregas de ajuda humanitária, sobe para 777 toneladas a quantidade de mantimentos enviados pelo Governo do Estado, por meio da Defesa Civil AM, às 48 cidades em Situação de Emergência e Estado de Calamidade Pública no Amazonas.

*Com informações da assessoria de comunicação. 


Publicidade
Publicidade